29 de novembro de 2009

Huuum, calças saruel (ou sarouel), eu confesso que não sei o que acho delas. Nunca vesti uma pra saber, mas acho legal em pessoas que tem um estilo meio praiano, acho que combina.. Talvez,dependendo do tecido eu até use uma um dia.

História
Originária da região norte africana, especialmente do Marrocos, a Saruel é uma derivação das calças johdpur e dhoti – modelos com amplo volume entre as pernas, muito utilizadas pelos povos da África e do Oriente Médio.
Acredita-se também que a calça marroquina era um traje religioso, utilizado desde a Idade Média, pois essa região era extremamente devota. Nos países de origem, elas eram feitas de algodão ou seda, em cores neutras como bege e branca.
Esse termo “saruel” é francês e tem origem árabe. Inicialmente definia uma calça usada no norte da África.
Como ela é?
Tem um gancho bem baixo. É quase uma “calça-saia”.
Como é muito confortável, no início ela era usada pra ir à academia ou como saída de praia. Mas agora a “saruel” vai a todos os lugares.
Quem pode e quem não pode usar?
É uma calça descolada, ótima pra quem tem o espírito livre de preconceitos e aberta a novas experiências.
Dependendo do tipo de corpo, a “saruel” pode até valorizar as formas. Apesar da modelagem ampla, com o gancho bem mais baixo, ela é ajustada na cintura e isso pode ajudar a dar um visual mais bonito se usada com uma camiseta bem sequinha. Mas quem tem quadril largo e gordurinhas extras deve evitar o modelo, já que ela dá a impressão de ampliar o quadril.

Como usar?
1) Combinar com tênis dá uma esculachada desnecessária. Dá muito volume, achata mesmo. Fica aquele bololô embaixo. Melhor combinar com sandália, baixa ou alta, ou então sapatilha rasteira.
2) Quem tem quadris largos precisa de uma saruel que não realce o quadril. Ideal para as de quadris muito estreitos porque, além de ser confortável, dá uma enchidinha.
3) Para as mais baixas, é melhor escolher uma saruel com perna mais afunilada. O volume de tecido entre as pernas deve ser menor.
4) Franzida na cintura e com cós baixo, somente para quem não tem barriga nenhuma. Cintura baixa é, sempre, algo avassalador para quem tem barriga.
5) O mais importante é prestar atenção na proporção entre o comprimento da perna e o cavalo (gancho). É essa proporção que vai deixar a mulher mais achatada ou mais alongada. O gancho menor com a perna mais afunilada aumenta a altura.
6) O tecido mais fino e elegante – seda, linho – valoriza a saruel. Transforma um modelo chamado de pijama em uma calça de festa.
7) Uma calça saruel sempre pede combinações mais simples e secas porque senão o visual fica comprometido, muito pesado. Camisetas sequinhas, pés leves.
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Padrões.. padrões.. padrões..
  • O look de Kelly Osbourne
  • Larga essa merda!
  • Deixe seu comentário

    Deixe seu comentário

    Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog: