17 de novembro de 2011
 Hit durante os anos 80, pesadelos dos anos 2000 a pochete ensaia um tímido retorno para as próximas estações. Não mais chamada pelo nome de pochete, mas de “belt purse”, foram vistas em muitas passarelas internacionais e até nas ruas por lá, mas e por aqui, será que vai rolar?!
Com um design repaginado, ela pouco lembra as terríveis usadas durante os anos 80 e 90, seu novo nome é por ela parecer uma bolsinha com cinto e não necessariamente uma pochete como conhecemos.  
Ela traz ao look um cheirinho mais sofisticado e não casual como suas antepassadas. Confeccionadas com materiais e acabamentos melhores, formatos modernos, cores, detalhes e texturas fazem um grande esforço para cairem no gosto da mulherada.
Passando o primeiro impacto, começaremos a criar uma certa simpatia com a fofa. Além de prática e versátil, ela é super fácil de ser combinada, podendo ser usada com qualquer tipo de roupa, desde um look balada até um look sofisticado. Ela pode servir para marcar a cintura, em peças de tecidos fluídos, ou usada na altura do quadril, em looks mais esportivos. 

Assim como os cintos, a belt purse tem o poder de “dividir” o corpo, por isso, cuidado baixinhas!  Se mesmo assim gostar da idéia e quiser apostar na belt purse, aposte em um look monocromático, assim pode haver uma quebra nessa divisão do corpo.
Uma dica que vale para todas, quanto maior for a bolsa, mais ela vai se assemelhar com as odiadas de antigamente. Hora de desapegar, carregar nela somente o necessário, como celular e documentos.
E agora?! A pochete, ops, belt purse, vai ou fica?!

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Arrumando a franja em menos de 5 minutos!
  • 3 meses sem anticoncepcional!
  • Deixe seu comentário

    Deixe seu comentário

    Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog: