29 de maio de 2020

Vamos conversar sobre DIU?! Quem me segue no Instagram e acompanha os stories diariamente, já sabe que estou no processo de decidir colocar o DIU. Na verdade, desde que parei de tomar o anticoncepcional há quase 3 anos, eu cogito a possibilidade do DIU.
Depois de todo esse tempo sem o uso de anticoncepcionais, eu me sinto 100% confortável e consciente do meu corpo. Eu sei exatamente em que fase do meu ciclo está, quanto tempo ele dura e qual o fluxo. Sempre que me perguntam sobre como foi parar de tomar o medicamento, eu digo que estou há 3 anos em uma verdadeira lua de mel com o meu corpo. Meu ciclo é sempre certinho, quase nunca atrasa. Eu não sinto nada de cólica e minha menstruação só dura de 3 a 4 dias com o fluxo médio no primeiro dia e leve nos demais.

Mas, não posso negar que apesar de todos os cuidados, o medo de uma gravidez é sempre presente. Eu tenho real fobia de engravidar. Amo crianças, admiro quem é mãe, mas não é algo que eu queira para mim. Por isso, na semana passada eu fui na Dra. Ana Beatriz Matos aqui em São Paulo conversar sobre o DIU. Como eu já sabia, eu tenho quatro opções: Mirena e Kyleena que são DIUs hormonais. E cobre e cobre com prata, que não são hormonais. Apesar de todos os benefícios dos DIUs hormonais, eu não estou disposta a voltar a usar hormônios no meu corpo. Então, minhas opções são o de cobre e o de cobre com prata. Minha escolha pelo DIU é pela simplicidade de coloca-lo, por ser um método contraceptivo não hormonal e pela eficácia! O DIU de cobre protege até mais que uma laqueadura, sabia?! Como sabemos, o único método 100% eficaz é a abstinência, mas o DIU tem eficácia de 94%! E se combinado com um método de barreira, como a camisinha, pode te proteger ainda mais. Peguei todos os pedidos de exames, já estou fazendo todos eles e decidindo se eu realmente quero coloca-lo e qual deles vou escolher.

Mas resolvi vir escrever esse post, porque assim como quando eu decidi parar de tomar o anticoncepcional, o medo está presente e é normal! Naquela época, compartilhei por aqui minhas inseguranças e medos, e tive um apoio enorme de vocês que me acompanham! Como falei, há 3 anos eu vivo em uma lua de mel com o meu ciclo e um dos meus maiores medos em colocar o DIU, é “estragar” isso! Já sabemos que o DIU de cobre aumenta o fluxo e as cólicas, coisas que eu sofria muito quando adolescente e morro de medo de passar por aquilo novamente!

Confesso que dá medo sim! Mas assim como eu tinha medo quando parei de tomar anticoncepcional e foi algo excelente para a minha vida em geral, acredito que preciso tentar o DIU. Sei que dói, sei que pode ser terrível, mas também sei que se não me adaptar, eu posso tirar a qualquer momento. Esse foi mais um post de bate papo mesmo, de desabafo! E como sempre, espero vocês nos comentários me contando se usam ou já usaram DIU e como foi a experiência! Ah! Me segue no Instagram, pois estou sempre compartilhando informações e contando em tempo real sobre esse e muitos outros assuntos!

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • David Jones by Dita von Teese
  • Eu testei: Laphidus
  • Inspiration #23
  • Deixe seu comentário

    27 de abril de 2020

    Semana que vem faz 1 ano que me mudei para São Paulo e definitivamente, esse foi o plot-twist da minha vida. Absolutamente tudo saiu do meu controle e nada foi como eu esperava. Como sempre faço, resolvi abrir para vocês um pouquinho desse 1 ano da minha vida e conversar sobre isso! Vem conversar comigo?

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Fica a Dica #10
  • Para ficar na pele: Flash Tattoos
  • Uma estação de estampas fofas!
  • Deixe seu comentário

    8 de abril de 2020

    Nas últimas semanas, eu tenho tentado deixar as coisas mais leves por aqui. Fiz até posts falando o que não fazer e o que fazer durante o isolamento! Mas acho que como uma comunicadora, é sempre bom também trazer informações corretas e de confiança para quem me acompanha. Então hoje vamos falar um pouquinho sobre o que é o Coronavírus e como se manter saudável!

    Com a pandemia se alastrando, é normal que role aquele desespero com o bombardeio de informações e notícias que recebemos o tempo todo, né? Por isso, é importante saber bem onde procurar informações. Fontes de confiança como a Drogaria São Paulo, e o Dr. Drauzio Varella são excelentes para se manter prevenido e sabendo dos cuidados necessários para não se contaminar!

    Prevenção
    Prevenir é sempre a melhor opção. Como a transmissão do vírus ocorre por contato e vias respiratórias, é preciso mudar pequenos hábitos do nosso dia a dia. Por exemplo, lavar a mão com mais frequência e utilizar álcool gel ajudam muito a matar qualquer vírus que esteja por ali. O ideal é sempre ter um álcool na bolsa! Manter ambientes arejados, não compartilhar objetos pessoais, evitar pegar o celular de outras pessoas e é claro, não estar em aglomerações também são passos super importantes.

    Sintomas
    Em um momento como esse, é normal tudo que sentimos diferente assustar e nos fazer acreditar ser um sintoma. Mas calma! Apesar das notícias alarmantes, segundo a OMS, apenas 20% dos infectados evoluem para doenças mais graves! Os sintomas iniciais do Coronavírus são bem parecidos com o da gripe, como febre, coriza e tosse. Além disso, também pode acontecer dor de garganta, dor no peito, dores no corpo e dificuldade para respirar. É importante não se desesperar e prestar bastante atenção aos sintomas! A ida ao hospital só é indicada em caso de piora, para que não haja risco de exposição ao vírus e de contaminação a outras pessoas.

    Tratamento
    Ainda não existe nenhuma vacina ou medicamento. Por enquanto, o tratamento em casos leves são cuidar da alimentação, repousar e beber bastante água.

    Bom! Espero que esse post tenha ajudado a acalmar um pouquinho a ansiedade. E te lembrar que por mais que as notícias possam assustar, vai ficar tudo bem!

    Acompanhe as redes sociais da Drogaria São Paulo:
    Instagram | Facebook

    *Publipost
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Fashion Rio: Maria Bonita Extra
  • Moicanos
  • Mais uma tattoo!
  • Deixe seu comentário

    12 de março de 2020

    Se tem uma coisa que aconteceu no último ano, foram mudanças na minha vida. Mudei de estado e tive problemas enormes para encontrar algum dentista que conseguisse dar continuidade ao meu tratamento! Mas agora, depois de mais de um ano, temos atualizações nesse diário do aparelho! Te contei um pouco sobre as últimas mudanças, cirurgia que preciso fazer e minha vontade de desistir do tratamento. Vem conversar com a gente!

    Acredita que já faz mais de um ano que não fazemos diário do aparelho por aqui? Pois é! Mas juro que não foi por falta de vontade ou de tempo, era só falta de novidades para me contar mesmo. Desde que me mudei para São Paulo, demorei até encontrar um dentista de confiança para dar continuidade ao meu tratamento. Até que depois de 4 meses que me mudei, finalmente achei uma dentista que me identifiquei e pude continuar o tratamento.

    Nos primeiros meses não tinha muita diferença, era a mesma coisa de sempre. O que é normal, as mudanças nos dentes são maiores nos primeiros meses do que depois de quase 3 anos de tratamento. Só que há cerca de 2 meses, as coisas realmente mudaram. Pela primeira vez desde o inicio do meu tratamento, foi falado que eu preciso fazer uma cirurgia. Como o meu queixo é mais para trás, ele precisa ser trazido para a frente, para que a mordida possa encaixar. Em muitos casos isso é possível ser feito com um aparelho externo ou ainda com as borrachinhas. Mas no meu caso, esses métodos menos agressivos que a cirurgia, não trariam o resultado necessário. E aí fica a questão: fazer ou não a cirurgia?! É um pós operatório chato, dolorido e demorado, que eu acredito que hoje, não se encaixa na minha nova rotina de vida. Talvez se isso tivesse sido falado no começo do meu tratamento pela dentista que iniciou isso, eu teria feito e hoje já estaria livre. Mas, não aconteceu e agora eu não sei que decisão tomar!

    Resumindo esse diário do aparelho: penso todos os dias em tirar o aparelho antes. Ao mesmo tempo que também penso que não fazer a cirurgia é jogar todo tratamento feito até aqui fora. Porque apesar dos dentes estarem alinhados, o aparelho não serve só para isso e a mordida não estará perfeita! Se você já fez essa cirurgia, me conta nos comentários como foi a recuperação!

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Cronograma Capilar
  • produtos tão bons que eu usei até acabar Produtos tão bons que usei até acabar! #17
  • Jaqueta de Aviador
  • Deixe seu comentário

    1 2 3 370