em Cabelo, Resenhas

Eu testei: Drama Queen Café Verde, Lola Cosmetics

 Aqui no blog já rolou resenha da Drama Queen Pimenta Rosa e também da Drama Queen Coco, resolvi deixar a de Café Verde por último não a toa! Como ela é um tratamento para oleosidade, caspa e queda, quis um tempinho a mais para testa-la antes de vir falar uma resenha. Então hoje finalmente rola resenha da Drama Queen Café Verde por aqui!

Sobre o produto

“Mais que uma máscara, sou um creme regenerador purificante para cabelos oleosos. Tratamento purificante com uma composição balanceada de vinagres de frutas e óleo de café verde, vegano, com ativos vegetais e orgânicos.
Sou Drama Queen Café Verde, sendo assim, atendo as preces dos cabelos oleosos, opacos e deprimidos, dando maciez e movimento sem comprometer na leveza dos fios.

Ativos:
Meu ativos vegetais derivados dos vinagres de maçã, balsâmico, frutas ácidas e óleo de café verde são balanceados, contendo agentes oxidantes, pectina, arginina e betacaroteno. Reequilibro o pH dos fios, deixando-os menos ásperos e mais brilhantes.

Benefícios:
Regeneração e Vitalidade dos fios
Oleosidade controlada.
Fios com mais movimento e brilhosos.

Tratamento do couro cabeludo:
Faço uma limpeza dermopurificante e controlo a oleosidade excessiva. Também dou um help básico nos problemas de caspa e seborréia. Sou fonte de poli-hidroxi-ácidos (PHA), em especial gluconolactona, potente agente hidratante (acético, málico, glucônico, cítrico e tartárico), antioxidantes naturais (flavonoides) e arginina. Confiro textura suave, redução de aspecto poroso e promovo brilho reflexico aos fios opacos e saturados.
Possuo propriedades antifúngicas e anti-inflamatórias que me fazem atuar como grande reforço no time dos produtos que previnem a queda capilar.

Produto liberado para as técnicas Low/No Poo.
Este produto contém o selo Cruelty Free (não testado em animais). Vegano.
Este é um produto Eco-Friendy:
NÃO CONTÉM Parabenos, Ftalatos, OGM, Corantes Sintéticos, Silicones,Parafina,Óleo Mineral, Gluten, Sulfatos, Sal, Derivados de Animais.”

(Informações retiradas da embalagem do produto.)

Cheiro e textura

Das três Drama Queen, essa é a menos cheirosinha, pelo menos para mim. O cheiro não é ruim, parece meio frutal, meio “mato”, sabe? O lado bom é que é suave e some quase completamente depois do enxágue, então também não incomoda.
A textura dela é bem grossinha, o pote ser virado de cabeça para baixo sem que o produto escorra. Mesmo assim, a textura é leve, fácil de ser espalhada e não deixa os fios pesados.

Preço e onde encontrar

A Lola não tem loja online própria, mas tem a loja física lá no Barra Shopping para quem é do Rio de Janeiro. Os produtos também são vendidos em perfumarias e na nossa parceira Casanostra Cosméticos, por lá, a Drama Queen Café Verde com 450g custa R$48,89 e o combo com as três máscaras custa R$132. Lembrando que rola desconto usando o código PRADA+CASANOSTRA.

Como usar?!

Após lavar os cabelos com o seu Shampoo Lola favorito, aplique uma quantidade generosa da máscara nas mãos. Distribua por toda a extensão dos fios. Enluve mecha a mecha e deixe agir de 5 a 10 minutos. Para potencializar o resultado, utilize uma touca térmica. Enxágue e finalize como de costume.

Composição

Aqua/Water/Eau, Cetearyl Alcohol, Cetaryl Alcohol (and) Behentrimonium Methosulfate, Coffea Arabica Seed Oil, Tea Tree Oil, Vinegar (and) Pyrus Malus (Apple) Fruits Extract (and) Water (and) Fructose (and) Glucose (and) Gluconic Acid (and) Gluconolactone (and) Caesalpina Spinosa Gum, Vinegar (and) Vitis Vifera (Grape) Fruit Extract (and) Water (and) Fructose (and) Glucose (and) Gluconic Acid (and) Gluconolactone (and) Caesalpina Spinosa Gum (and) Commiphora Myrrha Resin Extract, Vinegar (and) Pyrus Malus (Apple) Fruits Extract (and) Water (and) Fructose (and) Glucose (and) Gluconic Acid (and) Gluconolactone (and) Caesalpina Spinosa Gum (and) Citrus Limon (Lemon) Fruit Extract (and) Tamarindus Indica Fruit Extract, Water (and) Epilobium Angustifolium Flower/Leaf/Stem Extract, Cetrimonium Chloride, Dicocodimonium Chloride (and) Isopropyl Alcohol, Caprylic/Capric Triglyceride, Cetyl Esters, Ricinus Communis (Castor) Seed Oil, Fragrance/Parfum* Benzyl Alcohol (and) Benzoic Acid (and) Dehydroacetic Acid, Punica Granatum Seed Oil, Rosmarinus Officinalis (Rosemary) Leaf Oil, Disodium EDTA, Limonene*, Linalool*, Citronellol*, Geraniol*, Citral*, Eugenol*, Coumarin*, Farnesol*
* a partir de óleos essenciais naturais.

O que eu achei?!

Das três máscaras, acho que essa era a mais indicada para o meu cabelo. Acho que já tem umas duas semanas que estou usando e realmente sinto a diferença no meu cabelo em vários aspectos. Primeiro sinto que ele está com a oleosidade mais controlada, consigo ficar até dois dias sem lava-lo que a oleosidade fica ok, quando normalmente precisava lava-lo dia sim, dia não. Outra coisa, sinto sim a diferença na queda! Confesso que nessa parte achei que era balela, mas não foi. Desde que parei de tomar anticoncepcional, minha queda que já era maior que o normal, começou a ficar ainda mais forte. Cada escovada no meu cabelo, era um chumaço enorme de fios caindo. Quando comecei a usar a Drama Queen Café Verde, isso melhorou bastante. Diferença com a caspa não consegui ver, pois não tenho esse problema há uns anos, só acontece se eu ficar vários dias sem lavar o cabelo, o que também não acontece. Mas acredito que ela também funcione e melhore a caspa.
No mais tem sido uma máscara que venho tendo resultados bem legais, além desses que já falei, o cabelo realmente não fica pesado. Pelo contrário, ele fica bem soltinho, bem macio e com um brilho ok. Sabe aquela sensação de cabelo com vida? É o que eu sinto todas as vezes que uso essa Drama Queen.

*Este produto foi enviado pela assessoria/marca/loja. A opinião relatada nesse post, veio da experiência de uso da autora do post e é independente da marca ou loja que enviou. Nossa política é de sempre fazer resenhas sinceras.

Comentários