24 de fevereiro de 2016

Faz tempo que eu venho falando por aqui de várias tendências dos anos 90 que recentemente começaram a voltar com tudo. Como não poderia ser diferente e nem menos esperado, as jardineiras jeans também estão de volta! E como uma apaixonada por jeans e perninhas de fora, já rolou aquela identificação bafo e eu logo comecei minha saga em busca da jardineira perfeita, que eu achei! Achei na loja Feranda há algumas semanas atrás e lá no insta já rolou até foto com ela, um verdadeiro amor a primeira vista.
Só que como tinha muitos anos que eu não usava uma e quando usava, era minha mãe que escolhia o que eu ia vestir, não fazia ideia de como combina-la com meu estilo atual e as coisas que eu gosto. Foi aí que eu descobri um mundo novo e toda versatilidade dessa peça linda e claro, não poderia deixar passar aqui no blog! Tá perdida em como combinar a jardineira jeans?! Relaxa e aproveita o post, que hoje tem 3 dicas de como usa-la!

jardineira1

Não importa de que forma, a combinação de jeans com t-shirt são sempre sucesso! Com as jardineiras não seriam diferentes, elas vão bem com t-shirts em geral, com manga, sem manga ou com manga longa. Lisas ou estampadas, as t-shirts tem passe livre para combinar com as jardineiras. Dependendo do estilo, você pode ir variando o estilo do look, do mais despojado ao mais arrumadinho, mudando apenas os acessórios e o sapato.
Só cuidado com as t-shirts que são mais longas, elas podem ficar “emboladas” dentro da jardineira e fazer um volume que não fica tão legal. Então dê preferência para aquelas mais sequinhas e que não sejam tão longas.

jardineira2

Cropedds também são super bem vindos para usarmos com jardineiras, assim como as t-shirts independente do tamanho ou tecido, os croppeds funcionam muito bem, principalmente para as épocas de calor intenso. Acho que mais ainda que as t-shirts, as possibilidades de combinação com os croppeds são praticamente infinitas. Desde aqueles super curtinhos estilo top, para quem gosta de um estilo mais esportivo até os que eu gosto mais de usar, como se fossem t-shirts bem curtinhas. O que eu gosto nessa combinação é que ela permite pegar o “fresquinho” e deixar a barriga de fora, mas não tanto, já que a frente da jardineira cobre um pouco essa parte do corpo.

jardineira3

Um jeito mais arrumadinho e formal de usar as jardineiras, é combinando com uma camisa de botão! Confesso que esse é um look que eu nunca achei que funcionaria, mas que depois de ter comprado a jardineira e começar a procurar fotos de look para me inspirar, fiquei impressionada de como essas duas peças combinam! Independente do tamanho da manga, tecido ou até mesmo estilo da gola, as camisas funcionam sim muito bem com as jardineiras, essa pode ser uma opção para quem trabalha em ambiente que dispensa roupas completamente sociais e que gostaria de adotar a jardineira para trabalhar. A camisa deixa o estilo mais arrumadinho, menos descontraído e mais sério também.

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Mais compras da China! (Zaful)
  • Transparência holográfica
  • 3 biquínis para o verão!
  • Deixe seu comentário

    17 de fevereiro de 2016

    lace up flats

    Como uma viciada em ballet que sou, pirei quando vi que o sapatinho da vez lembra bastante minhas sapatilhas! Chamado de lace up flats ou num bom portuguesão, as sapatilhas de amarrar, já estão com força total na gringa e na minha opinião, não demora a pegar por aqui também não!
    Primeiro porque sapatilhas em geral são vida, confortáveis, fofas, versáteis e tudo de bom para qualquer ocasião. Se vem com esse plus de amarração super fofa, é tendência na certa. Ela segue ainda um pouco daquela tendência das sandálias gladiadoras, só que são mais delicadas, discretas e acredito eu que menos polêmicas.

    lace up flats1

    E como qualquer sapatilha, ela pode ser usada em qualquer ocasião, desde aquele passeio no shopping, trabalho e até mesmo uma festa. E também com vários estilos de roupa, nosso bom e velho jeans está liberado, mas claro que como a graça e o diferencial da sapatilha está justamente na amarração, é sempre bom dar a ela um destaque. Por isso, optar por peças mais curtas, que deixem o detalhe aparecer são as melhores opções! Shorts, saias e vestidos de qualquer tecido, estampa ou cor, tem sinal verde com a lace up flats!

    lace up flats2

     Eu gosto delas pra dar aquele arzinho mais feminino e delicado quando o resto do look não está tão no mesmo estilo, me ajuda a dar leveza, feminilidade e consegue deixar tudo mais fofo. Se for adotá-la como sua queridinha também, não esquece de ter cuidado ao amarrar, não pode estrangular o tornozelo, mas também não pode deixar frouxo, tá?! Me conta aí nos comentários, como você usaria??

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Pompom mania!
  • Para usar já: Sheer Bra!
  • dicas para melissa Dicas para cuidar de Melissas!
  • Deixe seu comentário

    10 de fevereiro de 2016

    body chain

    O body chain já vem de um tempo pra cá tentando ganhar força para virar uma daquelas tendências que todo mundo usa e parece que finalmente esse ano ele conseguiu ganhar mais uma forcinha e tem aparecido com mais frequência. Ele nada mais é que um acessório, tipo um maxi colar, que cruza o corpo formando uma espécie de colete delicado. Tem uma pegada meio indiana e foi levada as passarelas por grandes marcas e estilistas como Givenchy e Alexander Wang, logo caiu no gosto das famosas mais estilosas como por exemplo Rihanna, Miley Cyrus, Beyonce e Jennifer Lopez.
    Nesse verão ele tem sido muito usado na moda praia ou na moda resort, como chamamos aquelas peças e biquínis mais estilosos que usamos mais a beira da praia e não necessariamente para ficar exposta ao sol. Mas, não é só de moda praia que o body chain sobrevive não! E por isso hoje eu separei 3 jeitos de usa-lo na prática, no dia a dia e claro, com muito estilo!

    body chain1

    Um dos jeitos que o body chain está sendo muito usado, é com os famosos e já queridos croppeds. Desde aqueles mais curtinhos que pegam logo abaixo do busto até os mais longos que deixam só um pedacinho da barriga de fora. É sim um acessório que chama muita atenção e que atrai os olhares para parte do corpo em que ele passa, por isso, quanto menos interferência, melhor! Pode ser usado com qualquer tipo, cor e estilo de cropped, mas o ideal é optar pelos lisos e de cores neutras. Talvez os estampados chamem mais atenção que o acessório e essa não é a ideia, né? Pode completar o look com kimonos, cardigans, blazers e o que mais quiser, mas não esquece que a estrela do look é o body chain!

    body chain2

    Confesso que esse foi um dos últimos jeitos que eu pensaria em usar, mas quando comecei a pesquisar e olhar fotos, logo me encantei. É impressionante como o body chain cai bem com qualquer estilo e comprimento de vestido! Desde os curtinhos, minis, midis e maxis, independente do tecido, para usa-lo com vestidos a dica é optar pelo body chain um pouquinho mais longo, que chegue até mais ou menos a altura do quadril, isso ajuda a equilibrar o look e deixar a silhueta mais harmônica.

    body chain3

    E é claro que a boa e velha t-shirt não poderia ficar de fora! Seja ela regata ou de manguinhas, as t-shirts vão bem com absolutamente tudo e todo tipo de acessório e com o body chain não seria diferente. Para não errar, a dica é sempre ficar de olho na proporção, se o decote da blusa for mais fechado, opte pelo body chain com “decote” maior e vice-versa e o mesmo vale para o comprimento do acessório.

    Agora que já sabe como usa, me conta, tem coragem?? E vai usar como??

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Para usar já: Sheer Bra!
  • Para usar já: Gola laço!
  • Look do dia: Listras e colete
  • Deixe seu comentário

    3 de fevereiro de 2016

    Eu sei, estamos em pleno verão, um calor de matar, mas eu sou assumidamente viciada em casacos e acho que nunca é demais! Recentemente conheci a loja Gearbest e eles me convidaram a conhecer o site e falar sobre ele. Como eu amo comprar em sites da China, pagar baratinho nas coisas que tem uma boa qualidade, comecei a olhar o site inteirinho pra ver o que tinha. A loja é segura, tem frete grátis para o mundo inteiro e eles possuem um seguro para o consumidor, que se acontecer alguma coisa no meio do caminho e a sua compra não for entregue, eles te devolvem o dinheiro! O pagamento é feito usando cartões de crédito internacional via Paypal (que também assegura que a sua compra vai chegar) ou boleto bancário, que com a minha experiência comprando fora há tanto tempo é bem legal, porque a maioria das lojas não trabalha com boleto!
    O forte deles são os eletrônicos e tem de tudo lá, gente! Desde carregadores portáteis até drones. Claro que também tem roupas femininas, masculinas, infantis e muitos acessórios também. E foi fuçando por lá, achei simplesmente os casacos mais legais do mundo!  Nunca vi nenhum tipo desses casacos mais divertidos e lindos por aqui e como somos amigas, vou compartilhar mais esse achado com vocês.

    casacos1

    1. Casaco panda (Clique aqui para comprar!)
    2. Casaco Batman (Clique aqui para comprar!)
    3. Casaco gatinha (Clique aqui para comprar!)

    casacos2

    4. Casaco morcego (Clique aqui para comprar!)
    5. Casaco super homem (Clique aqui para comprar!)
    6. Casaco Game Boy (Clique aqui para comprar!)

    Dicas extras!

    Como eu sei que muita gente não está acostumado a comprar pela internet e menos ainda em sites internacionais, separei mais algumas  dicas para que a compra seja segura e boa!

    1. Verifique sempre o tamanho das peças
      Todos os sites tem que ter a medida de cada tamanho da peça, por exemplo, comprimento, manga, busto, cintura. A maioria delas já está em cm ou tem indicado a medida que foi usada. Você só precisa medir seu corpo e comparar com as medidas do site. É sempre bom escolher um tamanho maior do que a medida, pois isso garante que se houver alguma variação ou a peça encolher, ela ainda vai continuar te servindo.
    2. Leia reviews
      Abaixo de cada produto sempre tem um campo para que as pessoas que já compraram ele anteriormente possam dar a opinião sobre o que recebeu. Por lá você consegue descobrir se a peça é realmente boa como descrevem no site e se realmente vale a pena a compra.
    3. Frete
      Quase sempre o frete grátis não acompanha o código para rastreio. É sempre bom pagar pelo código, geralmente ele custa entre 2 e 3 dólares e isso facilita acompanhar onde está seu pedido e se está tudo bem com ele.
    4. Pagamento seguro
      Dê preferência aos sites que trabalham com alguma empresa que recebe esse pagamento, no Brasil temos o PagSeguro e nas compras internacionais temos o PayPal. Escolha sempre as lojas que trabalham com ele ou outra empresa do tipo, pois se houver algum problema e o pedido não chegar, não conseguir contato com a loja, você pode entrar com pedido de estorno direto com a empresa que recebe o pagamento.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Manual prático do comprimento mídi!
  • TUDO sobre faculdade de moda!
  • Três jeitos de combinar o colete jeans!
  • Deixe seu comentário