Browsing Category:

Moda

Quem fica ligado nas tendências, já deve ter reparado que de uns tempos pra cá, os braços e ombros tem ficado bastante em evidência quando falamos em moda. Já rolou a tendência ombro a ombro e agora com o inverno, as mangas estão mais longas.. mas isso não quer dizer que sem graça! As mangas da vez são em babados, mas nada daquelas “bocas de sino” que usávamos antigamente não! As mangas babadeiras da vez são super chiques e estilosas!

Deixando um pouco de lado aquele estilo (que eu amo) dos anos 90, as mangas com babado são uma referência bem anos 80 e voltou com tudo durante a New York Fashion Week e claro que não demorou nadinha para cair no gosto das meninas que fazem looks e street style.

Dependendo do tecido e também da modelagem da manga, ela pode ser mais ou menos volumosa.. as mais básicas costumam ter apenas um babado, se parece mais com a manga boca de sino. Os tecidos leves costumam deixar a manga menos volumosa e chamativa, é o ideal para quem tem os braços mais gordinhos e claro, para quem não quer chamar tanta atenção também. Já para quem gosta de causar real, existem as mangas com vários babados, os tecidos encorpados costumam deixa-las mais volumosas também.

Independente do tanto de babados que você vai querer usar na sua manga, o legal é ter em mente que ela chama sim muita atenção e por isso, fica mais legal se combinar com peças mais sequinhas, justas ou até mesmo de tons claros e neutros, para que o look fique mais harmônico e não se pareça com uma fantasia.
Eu achei a tendência bem forte, marcante e chique, mas precisa saber usar! Qualquer deslize o look pode ir de super chique e arrumado para completamente over. Eu usei muuuuiiito manga boca de sino quando criança e ó, tô amando essas mangas babadeiras, acho que já vou sair por aí procurando uma para mim também!

Compartilhe:

Graças a Deus, chegou o inverno! Para mim, a melhor estação do ano, mesmo aqui no Rio de Janeiro não fazendo o frio do sul que eu gostaria que fizesse, andamos tendo dias bem geladinhos. É aquela hora de tirar todos os casacos, botas e acessórios do armário, porque vira quase um evento coloca-los em uso novamente. Esses dias até fiz um vídeo dando dicas de como transformar as roupas de verão, em looks de inverno estilosos e quentinhos. Em um dos looks, usei o cachecol, acessório muito usado durante a temporada mais fria do ano!
Existem várias maneiras de usar o cachecol e sabia que muita gente ainda passa frio no pescoço por não saber como “amarra-lo”? Pois é! Então hoje é para parar de passar frio, porque vou te dar 3 dicas de como usar o cachecol nos seus looks quentinhos para esse inverno!

A maneira mais comum de usar o cachecol, é enrolando-o envolta do pescoço e deixar as duas pontas soltas ao longo do corpo. Dependendo do tipo de tecido do cachecol, essa amarração pode ficar mais ou menos volumosa, foi até desse jeitinho que eu enrolei o meu cachecol no vídeo que contei ali em cima. Ele pode ser usado em blusas decotadas, blusas normais ou ainda por dentro ou por fora dos casacos. É a maneira mais simples de usa-lo, mas que particularmente eu adoro!

A segunda maneira de usar o cachecol é ainda mais simples que a primeira: basta passa-lo por trás do pescoço e deixar o que sobrar solto na frente do corpo, sem enrolar nenhuma vez em volta do pescoço. É mais comum usar lenços dessa maneira, mas também funcionam bem com os cachecóis e é um truque ótimo para quem é baixinha, pois dá a impressão de um corpo mais alongado! Não preciso nem dizer que essa “amarração” não é lá tão indicada para os dias muito frios, né? É mais um charme do que um jeitinho de se aquecer, mas é válido! Principalmente aqui no Rio ou em locais que não faz tanto frio.

Para quem é girafinha e tem os pescoços longos como eu, essa é “A” amarração para ser usada! É o mesmo cachecol de sempre, basta enrola-lo todinho em volta do pescoço e esconder as pontas para dentro da própria amarração, formando uma gola gigante. Essa é uma excelente opção para os locais com frio intenso, vento gelado ou até mesmo neve, porque além de deixar o pescoço completamente protegido e aquecido, também é possível puxar a ponta de cima e cobrir parte do rosto.

Quero saber de você, costuma usar cachecol no inverno?! Qual maneira você gosta de usa-lo? Me conta!

Compartilhe:

Que eu sou a louca dos anos 90, vocês já estão cansados de saber, né? Nasci no comecinho dela (1991) e digamos que aproveite tudo de melhor que essa década teve a oferecer, jogos, video-game, brincadeiras de rua e é claro, a moda também. Sem dúvidas, em questão de estilo, é a minha década favorita e por isso, vivo buscando e usando referências dela. Aqui no blog já tem vááários posts com tendências 90’s que retornaram recentemente e hoje vou contar mais uma: scrunchies.
Você pode até não reconhecer pelo novo nome, mas tenho certeza que olhando vai lembrar que seus penteados para a escola sempre contavam com a ilustre presença dessa xuxinha de cabelo envolta em um tecido que formava um “fru fru” fofinho e estiloso.

Essa xuxinha fez e faz parte da minha vida, pelo simples fato de que minha avó é costureira e qualquer sobra de tecido virava uma scrunchies.  Da minha vida os scrunchies nunca saíram! Minha avó sempre fez para mim quando era criança e continua fazendo até hoje. Eu uso muito no meu dia a dia pelo simples fato dela ser prática, mas principalmente por manter o elástico protegido e com isso, não danificar os nossos fios! As scrunchies são ótimas porque além de fofas, baratinhas e fáceis de fazer em casa, elas não deixam o elástico exposto, não prendem ou embolam no nosso cabelo e consequentemente não quebram os fios!

As scrunchies voltaram com tudo depois que a fashionista Bella Hadid usou uma delas para fotografar uma campanha e a partir daí, elas voltaram com tudo a moda!
Como estão na moda, está fácil encontrarmos elas em diversos tecidos diferentes, como couro, brilhosos, estampados e até o famoso veludo! Scrunchies são ótimas para dar um “tchan” extra e fofinho aos penteados básicos do dia a dia como coques e rabos de cavalo, ainda mais com esses materiais “diferentões” que tanto amamos.

Se as scrunchies já faziam parte dos meus penteados do dia a dia aqui em casa, agora mesmo que eu vou sair por aí abusando da minha pequena coleção (by vovó) por aí. Aguardem, vocês vão ver muitas scrunchies nas minhas fotos do Instagram e vídeos lá no canal! Agora me contem duas coisinhas:
1. Vocês usavam scrunchies quando eram pequenas?!
2. Iam curtir um vídeo mostrando como fazemos as scrunchies em casa e algumas sugestões de penteados para usa-las?!
Me contem nos comentários!

Compartilhe:

Que o vestido tubinho é um clássico a sei lá quantas décadas, todas sabemos, né?! Tanto que ele é sempre a minha primeira opção quando tenho um evento mais arrumadinho, porque apesar de ser muito simples e extremamente básico, ele tem um poder de “mutação” gigantesco!! Acrescentando algumas peças, acessórios ou modificando apenas o sapato, o vestido tubinho consegue passar por todos os estilos e ocasiões que você precisar. É uma daquelas peças que toda mulher precisa ter no armário!
Hoje eu separei três dicas para você atualizar o seu vestido tubinho e usá-lo ao máximo, tanto que ele já vai praticamente saber o caminho de casa!

Ao contrário do que muita gente pensa, o vestido tubinho não vai bem só com salto, não! Ele também funciona perfeitamente com os tênis, ajuda a quebrar um pouco a feminilidade e deixar o look mais descontraído ou até mesmo esportivo. Os tênis são uma ótima opção de sapato para deixar o vestido tubinho mais descontraído, menos sério e arrumadinho.
Dependendo do estilo de roupa adotado no seu ambiente de trabalho, rola usar a combinação até mesmo para trabalhar! Só completa-lo com um blazer ou até uma jaqueta.

O duo vestido tubinho + t-shirt é a minha combinação favorita, usei por muito tempo e só não uso mais porque não tenho mais um tubinho! T-shirt com nózinho, amarradinha, cropped ou até mesmo uma camisa de botões por cima do vestido, transforma ele em saia, deixa o look mais descontraído, jovem e super atualizado. O sapato fica por sua conta, pode ser tênis, sapatilha, botinha ou até mesmo um belo salto para trazer a feminilidade a tona!

Jaquetas, blazers, maxi coletes, cardigans  e trechcoats também tem sinal verde para a combinação com o vestido tubinho! Seja para o dia a dia, uma festa ou ambiente de trabalho, a sobreposição com essas peças, além de deixar o look mais quentinho, também tem o poder de deixa-lo mais arrumado e o simples tubinho já nem parece mais uma peça básica! De cores neutras ou contrastantes, eles formam pelas duplas que podem ser completados com todo tipo de acessório, desde chokers até maxi colares dependendo do que você deseja com o look!
Ah, se você precisa de um look de festa e não quer gastar grana, esse é um bom investimento, olha só o look arrumadão do meio!

O vestido tubinho já habita seu guarda roupa?! Me conta como você usa!

Compartilhe:
1234532