em Variedades

Calça Curta (pescador)

Depois das skinnys, agora é hora de cortar as barras. É amigos, essa é a tendência da vez. E ai? Gostam, não gostam, usariam, ou não usam por nada? Na orla, no escritório, no shopping e no club… as calças curtas prometem circular por todos os lugares. E com muito charme as mulheres vão deixar seus tornozelos à mostra no próximo verão.

O que é?
Essas calças tem a modelagem mais solta e é bem confortavel. Reta, abaixo do joelho e com barras dobradas, é uma peça que você vai usar bastante, assim como outros modelos de calça curta, como a corsário, a capri e a pantacourt.
Que cor?
Os tons neutros, principalmente o bege e o branco são faceis de usar e as melhores apostas.

De onde saiu isso?
A proposta já vem sendo feita em desfiles de grifes internacionais como Christian Dior, Marc Jacobs e Prada. O modelo com alguns centímetros a menos começou a chamar a atenção nas chamadas cruise collections, coleções de alto verão criadas pelas marcas do Hemisfério Norte. Depois disso apareceram com muita maestria nas passarelas da SP Fashion Week e do Fashion Rio. Foram apresentadas em diversos materiais e com cortes bem diferentes. Huis Clos, Néon, Fórum e Colcci foram algumas das marcas que apostaram no modelito. E eles surgem em modelos oversize, que trazem amarrações na cintura e remetem a pijamas, em modelagens mais ajustadas, com cintura alta, em alfaiataria, gancho baixo, etc.
Porque usar?
Além de elegante é super flexivel, dá pra usar em ocasiões mais formais como trabalho e festas.
Como escolher?
Opte por peças em tecidos mais nobres, como o tafetá e cetim para a noite e tweed e risca de giz para o escritório.

Como usar?
Nos pés, opte pelo salto. Alto, para a boate e médio para o trabalho. No caso do ambiente corporativo, sapatilhas também são bem-vindas, ainda mais para mulheres de estatura alta.
Na parte de cima, um blazer e uma blusa romântica fazem bonito no escritório e um top decotado ganha a noite.
Não tem uma, mas tem uma skinny?
Pra quem ainda não se desfez da calça skinny uma dica: ela pode ser facilmente adaptada, é só dobrar a barra e está pronto. A Collci criou um acabamento especial para que a pessoa possa dobrar a barra da calça tradicional sem problemas e ter 2 modelos em 1.
Compartilhe:
meninos-que-arrasam-na-noite
Bem meninos, eu sei que vocês perambulam por aqui as vezes, e achei interessante postar sobre os estilos diferentes (e diga-se de passagem, lindos) que vocês andam usando pelas nights. E ainda tem os que digam que maquiagem é coisa de menina, eu digo, a muito tempo maquiagem deixou de ser só de menina. Então, vamos ao que encontramos por ai.
Eu não sou o que se chama de ‘baladeira’, mas também nem precisa tanto pra saber que não tem mais essa de ‘coisa de menina’ e ‘coisa de menino’ a bastante tempo. Eles usam o que se sentem bem, e vejo isso acontecer naturalmente (confesso, no começo era estranho emprestar short e maquiagem pra alguns amigos) com pessoas bem proximas a mim.

Os homens estão bem modernetes e arriscam nos looks sem medo. Independente do lugar que frequentamos, do estilo black ao mauricinho, buscamos referências fora para customizar algo próprio.
Pelo circuito dos clubinhos fervidos e cheio de gente importante, algumas festas são temáticas e a produção exige: cuidado, inovação e criatividade!

E pra quem acha que isso só acontece no nosso meio, não não, muitos famosos adotaram esse estilo pra si. Ryan Ross do Panic at the disco (esse ai da foto de cima), arrasa MUITO nas makes e nas roupas. Quem quiser aprender, tem vários tutoriais no youtube.

O oculos tem sido peça chave em qualquer look, tanto feminino, quanto masculino. E pra quem curte a noite até amanhecer é otimo pra esconder o cansaço.
E ai meninos, que tal visitar a sessão feminina na proxima vez que for as compras?

Compartilhe:
em Variedades

Cintos

cintos

Essa cólica dos infernos me deixa sem vontade pra tudo, mas vai, vocês não iam mesmo ficar sem post por causa das minhas dores.. Enfim, hoje o assuntos são os cintos. Qualquer pessoa com o minimo de atenção já percebeu que eles voltaram, e voltaram com tudo. De várias cores, materiais, tamanhos, formatos e modelos. Mas infelizmente não é tudo que podemos usar não é? Então ai vão as dicas.
Antigamente..
Sua utilização variou muito, dependendo da moda na época, e era uma raridade na moda feminina, com exceção do início da Idade Média, final do século XVII, e entre 1900 e 1910.
Nos tempos modernos, os homens passaram a usar cintos nos anos 20. Antes, o seu uso tinha mais o propósito decorativo, e também estava associado aos militares. Atualmente, a maioria dos homens usa cinto por razões utilitárias e, a mulheres, com propósito de ornamentação.
Hoje em dia..
O cinto é um utilitário unissex cuja função era apenas ‘’segurar as calças’, transformando-se num acessório importante para o vestuário, ajudando a renovar e modernizar o visual. Elas podem ser usadas de duas formas: ou abaixo do seio, marcando bem cintura, ou saint-tropez (cintura baixa), que são quatro dedos abaixo do umbigo.
Sejam largos ou finos, os cintos dão um upgrade naquela peça básica, sem graça. Os largos marcam mais a cintura e geralmente são usados com blusas soltas, túnicas ou chemises. Perfeito para quem tem seios fartos e quer evidenciá-los. Os finos são mais discretos e deixam a roupa mais elegante.
Para versões mais glamour, podem ser finos ou largos, lisos ou bordados, mas sempre feitos dos mesmos tecidos das roupas ou de materiais metálicos. No dia-a-dia, para dar mais charme às suas produções, use com vestidos mais justos ou folgadinhos para definir a cintura, com calça ou bermuda. Pode ser usado até sobre camisas, batas, casaquinhos, malhas ou cardigãs.
A fivela de alguns cintos largos possuem metais maiores, com formatos mais arredondados. Pedrarias, cristais, banhos niquelados, dourados e acobreados também são muito bonitos.
Abuse do cinto em várias cores e tenha bom senso sempre na hora de montar um look.
Cintos Largos
O cinto deve ser o item de maior destaque no look. Não os coloque nos passantes e mantenha-os sobre as peças: batas, camisas, vestidos, casaquetos, sempre marcando a cintura. Nos pés, escolha os calçados mais delicados, a fim de suavizar o peso da cintura.

Cintos Finos

Coloque-os exatamente na linha da cintra, sobre tops alongados, camisas sequinhas e twinsets. Outro jeito de usar, é deixa-lo por cima das saias ou calças de cintura alta. Ou, ainda, marcando a cintura no casaco de um terninho, alem de delicado, tratá uma coisinha a mais ao conjunto liso, ou risca de giz. Já nos pés, invista em algo delicado que acompanhe a leveza do cinto.

Fivelas Decoradas
Use-o tanto por dentro como por fora dos passantes da calça ou saia, ou deslocado da cintura sobre vestidos. Quanto aos sapatos, eviste fivelas ou detalhes grandes, prefira os lisos.

Cintos Divertidos
O ideal é equilibra-lo com peças de cores discretas ou com um look monocromático, deixando-o em destaque. Quanto aos sapatos, prefira os neutros ou de tom que remeta ao cinto, caso tenham mais de uma tonalidade. Evite usar sapato e cinto da mesma cor.

Compartilhe:
em Variedades

Bandage Dress

bandage-dress

Essa maravilha foi criada por Hervé Leger em 1989, aparece no tapete vermelho vestidos por dezenas de celebridades, cada uma com o seu estilo, elegância e charme.
Mas atenção, este modelo de vestido não é para ser usado por qualquer corpinho e em qualquer ocasião. Se querem fazer boa figura atenção a algumas regras.
Como não ficar vulgar?
O melhor a fazer é olhar pro espelho com bom senso e analisar o seu look no geral. Lembre que o vestido por si só já foi pensado pra ser sexy, então você não precisa de mais elementos sensu! hahaha Elimine oncinhas, batom vermelho, dourados em excesso.
Se você já é loira ou tem corpão (ou os dois ao mesmo tempo!), redobre o cuidado na hora de usar o bandage! Escolha modelos menos decotados, com cores mais sóbrias e não tão curtinhos…
Quando não usar?
Realmente gente, não tem como negar que não é todo mundo que “pode” usar um vestido tão colado. Se tem uma barriguinha e um bundão é melhor optar por uma cor mais escura pra tentar dar uma disfarçada.. Mas já a barriguinha é complicado.. Acho que se a pessoa se sentir bem ok,mas se a situação tiver mais complicada é melhor passar a tendencia.
Pode usar em casamento?
Dá pra usar em casamento sim, e em formatura também, ésó escolher um modelo mais fino, com decote mais elaborado e não tão curtinho.Na hora de “acessorizar“, escolha sandálias mais delicadas de tecido e pedras, bolsas carteiras e brincos poderosos.O cabelo também é super importante e deve estar de preferência preso, já que o vestido é bem mais “despojado” do que um modelo tradicional!
Mais algumas dicas…
Esse vestido tem a vantagem de manter o peito mais unido.
É um vestido que exige atitude, então, é necessário andar com confiança e segura de si.
O melhor é usa-lo com carteiras pequenas, bolsas grandes não são bem vindas
Muito cuidado na hora de escolher os sapatos. Prefira um modelo mais clássico.
Prefira brincos e colares, são mais discretos e dão equilibrio a silhueta. Se preferir usar um colar, escolha um discreto e mais juntinho ao pescoço.
O bandage dress com gola alta fica melhor em mulheres com pernas compridas (como as minhas)
Lembrem-se que uma roupa pode mudar totalmente o carater de uma pessoa, e te fazer parecer outra totalmente diferente, e com uma intenção diferente também. Basta ver o caso da Geyse (aquela da UNIBAN), não esqueça nunca do que você é de verdade e não deixe tudo isso se estragar por uma roupa. Não se esqueçam também que você não estará em uma festa sozinho (ao menos que seja louco) então pense que nem todos podem ver sua roupa como você mesmo.
Espero ter ajudado e ter evitado outras ‘Geyses’ por ai.
Compartilhe: