15 de outubro de 2009

Confesso, eu sinto falta de postar aqui.. Mesmo sabendo que a grande maioria só passa aqui pra ler, eu sinto MESMO falta. Esses dias eu não tenho tido muitas ideias sobre o que postar aqui (ME AJUDEM COM ISSO! MANDEM SUAS IDEIAS PRO MEU TWITTER!).. Mas hoje uma luz divina acendeu na minha cabeça e bom, vou postar sobre coletes.
A História

Inventado no século XVIII, era uma peça refinada, confeccionada em tecidos nobres e ricamente bordada. Mais para frente, no século XX, ele se uniu ao paletó e à calça para formar o que hoje chamamos de terno. Para quê inventaram o colete? Você pode rir à vontade, mas sua função principal era guardar o relógio de bolso. Com a chegada dos relógios de pulso, o colete perdeu o seu lugar na vestimenta masculina, mas voltou à tona nos anos 1970 para incorporar o visual hippie. Foi exatamente aí que as mulheres o roubaram dos homens.

PARA AS MENINAS
Modernos e charmosos, os acessórios, estão superfemininos e com modelos para os mais diferentes gostos. Para garantir um visual superfashion, a dica é arriscar! Coloque a imaginação pra funcionar e abuse das combinações inusitadas.
– Os coletes fazem ótimas combinações com vestidos. Com os curtinhos, o visu fica superdescolado e com peças longas o look transborda romantismo!
– Coletes e camisas caem superbem! Regatas e blusinhas também são ótimas escolhas.
– Peças mais justas valorizam as curvas!
– Coletes abertos e curtos disfarçam as gordurinhas!
– Se liga: O calor pede peças mais leves e suaves para compor o visual.
PARA OS MENINOS

O colete se tornou um acessório indispensável para criar um look moderno, podendo ser usado com camisas, camisetas, shorts e qualquer tipo de calça.
O colete virou sinônimo de modernidade devido à facilidade na hora de vesti-lo e misturar estilos. Você pode usá-lo abotoado, para um look mais clássico (deixe sempre o último botão desabotoado e nunca permita que a camisa apareça antes da calça) ou aberto, para um visual mais despojado, jovial. Abuse das camisetas – de preferência, as com gola em V ou regatas – para que seu look mais cool possível. A boa pedida de um colete é que ele é usável tanto no verão, quanto no inverno. Não tema em combiná-lo com bermudas, o colete fica extremamente sexy se bem aplicado.
A frente da peça pode ser lisa ou estampada. Com a alta do xadrez, a estampa é sempre uma ótima pedida. Na parte de trás, a maioria vem em cetim. O legal do colete é que ele tem aquela faixa atrás que permite que você o ajuste de acordo com a sua necessidade e vontade. Ele pode ficar largão ou apertadinho, qualquer um dos jeitos combina perfeitamente.
Nos pés, tênis, sandálias, Crocs ou qualquer coisa que você tiver no armário. Se você quiser ousar ainda mais, pode botar um chapéu na cabeça e sair na rua sem vergonha alguma. Hoje, além dos clássicos botões, é possível encontrar alguns coletes com zíper.
Estas versões geralmente vêm mais acolchoadas, que estão super em alta também.Lembrando: é preciso ter um bom senso para usar os coletes. Eles, infelizmente, não combinam com qualquer pessoa. Coletes pedem um corpo magro. Se você for um pouco mais cheinho, a peça acaba não combinando e criando um visual ‘exagerado’, deixando a proposta moderna…
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Transparência
  • Fenda dupla
  • Estilo Folk
  • 13 de outubro de 2009
    Eu sei, eu sei! Eu já postei sobre pin ups.. Mas hoje, estava assistindo Jornal da Globo e não resisti quando passou uma reportagem sobre elas, e resolvi fazer um post mais completo.

    Uma pin-up é uma modelo cujas imagens sensuais produzidas em grande escala exercem um forte atrativo na cultura pop. Destinadas à exibição informal, as pin-ups constituem-se num tipo leve de erotismo. As mulheres consideradas pin-ups são geralmente modelos e atrizes. Pin-up também pode se referir a desenhos, pinturas e outras ilustrações feitas por imitação a estas fotos.O termo surgiu durante a 1ª Guerra Mundial e está vivo até os dias de hoje. Marilyn Monroe, Brigitte Bardot, Jane Fonda, Betty Boop e Lara Croft são sinônimos de pin-ups, ícones de beleza e sensualidade.
    Uma pin-up é ser sexy e, ao mesmo tempo, inocente; aparece vestida, mas, de alguma forma, desnuda. Ou seja, mostrar a sensualidade, sem ser vulgar.
    Os seguidores da moda vintage aproveitam os modelitos usados por elas, como vestidos, biquínis e lingeries, peças que não podem faltar a uma verdadeira pin-up!

    Quer usar um visual pin-up?
    Capriche nas peças de roupa vintage, xadrez, bolinhas, no olhar ingênuo, mas sensual e na pose, sem cair na vulgaridade.
    Cintura marcada, batom vermelho, vestido justo com decote provocante ou simplesmente insinuante; cabelos extremamente loiros ou pretos sempre arrumados com franja, topete ou apenas presos; salto alto e unhas vermelhas.

    Olhos
    Comece com um iluminador sem brilho, rente à sobrancelha. Na pálpebra móvel, utilize sombra champanhe com um pouco de brilho. Depois, é a vez do delineador. Ele começa mais fino no canto interno do olho, e engrossa um pouco, da metade até o canto externo. Depois, dê uma “puxada” para conseguir o olhar de “gatinha”. Nos cílios superiores, abuse de máscara preta e, nos cílios inferiores, aplique apenas o que sobrar no pincel.
    Blush
    Passe um tom rosado, sem brilho, bem abaixo do osso da face, levemente na diagonal.
    Boca
    Comece contornando os lábios com um lápis de boca vermelho. Depois, preencha com um batom cremoso, do mesmo tom. Cuidado para não deixar a linha do lápis aparecer. Se aplicado com pincel, o batom dura mais.
    Dica
    Se você errar com o delineador, mantenha a calma! Tire a parte borrada com um cotonete embebido em demaquilante, e continue o processo.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Kimonos! ♥
  • Eu testei: Shampoo e condicionador hidratante, Ox Plants
  • Macacão (jumpsuit)
  • 12 de outubro de 2009

    Os tipos de cirurgia
    A incisão para colocar a prótese de silicone pode ser feita em volta da aréola, no sulco sob o seio ou na axila. Cada médico prefere uma técnica. Já a posição do implante depende da constituição física da paciente. Se for magrinha e com pouquíssimo peito, a prótese deve ser colocada sob o músculo peitoral para um efeito mais natural, quando é chamada prótese retromuscular. A retroglandular, prótese implantada logo abaixo da glândula, é mais indicada para quem tem seios médios ou flácidos.
    Três formatos de prótese
    Redonda com perfil alto, redonda com perfil baixo e em gota. Esses são os três formatos de prótese de silicone que a candidata a turbinar os seios pode escolher. “Normalmente, médico e paciente decidem juntos, avaliando o desenho natural da mama e o resultado desejado”, diz a cirurgiã plástica Edith Kawano Horibe, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A prótese redonda com perfil alto deixa o seio com mais volume e projetado para frente; a com perfil baixo é mais natural; e a terceira deixa o seio em formato de gota. Elas são envolvidas com silicone sólido que pode ser liso, texturizado ou revestido de poliuretano. Já seu interior, pode ser de silicone, gel ou soro fisiológico. Os tamanhos mais procurados são 195, 215 e 235 mililitros.
    Como fica a cicatriz
    Quanto mais elástica a pele, melhor a cicatrização. O corte no sulco mamário deixa uma cicatriz de cerca de 4 centímetros, que fica escondida pelo volume do seio. A incisão na metade inferior da aréola é quase imperceptível. Já na colocação da prótese via axila é feito um corte de 4 centímetros que fica disfarçado pelas dobras do tecido.
    Seios exigem cuidados diários
    A pele dos seios é muito fina e sensível, por isso sofre tanto quando há aumento de peso, com o efeito da gravidade e a gravidez. “Hidratá-los diariamente, desde a adolescência, ajuda a deixá-los mais resistentes, reduzindo os riscos de estrias e flacidez”, explica a dermatologista Carla Goes Sallete, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mesoterapia. Cremes à base de semente de uva, colágeno e elastina são os mais indicados. “É importante aplicá-los com movimentos circulares”, orienta a médica.
    Tempo na sala de cirurgia
    A paciente é operada normalmente pela manhã e à tarde já é autorizada a voltar para casa. Alguns médicos colocam uma sonda para ajudar a desinchar a região e, nesse caso, aconselham que ela durma no hospital pelo menos uma noite. O tempo da cirurgia varia entre 1 hora e meia e 3 horas e o tipo de anestesia – peridural ou local com sedação – fica a critério do médico. Os preços do implante ficam entre R$ 5 mil e R$ 8 mil (dependendo dos honorários do médico, da equipe e do hospital).
    Há contra-indicação?
    O implante de silicone nos seios não é indicado para menores de 15 anos, pois até essa idade, geralmente, os seios não estão totalmente desenvolvidos. Mulheres com flacidez nas mamas, antes de colocar a prótese, têm de passar por uma plástica para retirar o excesso de pele – o que é feito na mesma cirurgia.
    Dois meses sem fazer exercício
    Terminada a cirurgia, o médico veste um sutiã reforçado na paciente. Ele pode ainda envolver o peito com uma faixa elástica, que ajuda a fixar o implante. Por um mês, todo esses ‘curativos’ só podem ser retirados na hora do banho, isso a partir do terceiro dia. A recuperação é dolorida e a volta ao trabalho é liberada em cinco dias. Para fazer sexo é preciso esperar cerca de duas semanas; um mês para dirigir; e dois meses para fazer exercícios peitorais, carregar peso e tomar sol.
    Risco de rejeição
    O organismo pode rejeitar a prótese, envolvendo-a em uma cápsula fibrosa, que vai endurecendo, deformando os seios e causando dor. Próteses com invólucros texturizados ou revestidos de poliuretano diminuem desse risco ocorrer. Caso a cápsula fibrosa se forme, o médico rompe a malha e troca o implante em uma nova cirurgia.

    Amamentar com silicone. É possível?
    É raro, mas há mulheres com silicone que não conseguem amamentar. O auto-exame também fica mais difícil, principalmente quando a prótese é retroglandular. “Ela fica atrás da glândula mamária e altera a sensibilidade dessa região, dificultando a identificação de nódulos por meio do toque”, explica o médico oncologista Ricardo Caponero, de São Paulo. “Por isso, é mais seguro recorrer à ultra-sonografia mamária, que identifique nódulos e ainda informa se a prótese apresenta fissuras.” Já a prótese retromuscular não compromete o exame. Outra desvantagem é a necessidade eterna da prótese. Depois de implantada, a prótese distende a pele e não há mais como voltar atrás. Caso a mulher queira remover o silicone, a mama fica flácida, murcha. Só dá para substituir o modelo anterior. E toda mulher com silicone deve trocar a prótese a cada dez anos.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Jaqueta de Aviador
  • Surf no Asfalto
  • Umectação com… maionese??
  • 11 de outubro de 2009

    Todo mundo tem um all star velho em casa, ou um que não usa mais, que enjoou, sei lá, eu tenho vários aqui. Então, customizar é a melhor coisa. O resultado vai da imaginação e da habilidade de cada um, ai vão ideias pra vocês.


    Pra quem não tem habilidade nenhuma, ou gosta de bottons.

    Os que tem habilidade com tintas e desenhos, eles podem ser pintados direto no tênis. Existem umas tintas em tubinhos que são mais fáceis de usar, mas essa é só pra quem tem mão firme pra desenho. O tênis todo escrito é muito fácil de fazer com as tintas de tubinho e dá um efeito bonito, pode escrever frases, palavras soltas ou quem sabe até uma musica.

    ATENÇÃO: Canetinha nem rola! Além de não funcionar, o efeito fica feio.

    Pra fazer esse tipo, é preciso ir em um bom sapateiro. Quantos mais ilhoses você usar, mais barato fica, porque o preço abaixa quando a quantidade aumenta. Existem ilhoses de vários tamanhos, e de outros materias, de metal (como o da foto), mas também de plástico colorido. Marque com caneta no tênis onde devem ser feito os buracos. Um pé não precisa ficar igual ao outro, e essa é a parte legal da história.

    Quem não é bom em desenho e pintura, existem os silk-screen, além de fácil de encontrar (acha-se em loja de tecido) é barato e rápido de aplicar, basta encontrar o adesivo que você quer e passar a ferro que ele cola, pra passar o ferro, coloque dentro do tênis aquela parte da tabua de passar pra passar camisas ou um pedaço de madeira. Cuidado para não encostar o ferro quente na parte de borracha, pode derreter ou desbotar.

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Dicionário Fashion #5
  • Eu Testei #9: L’Oreal Voluminous
  • Onde tatuar no Rio de Janeiro?!