20 de janeiro de 2019

Já sabemos que fazer chapinha com frequência é super prejudicial para a saúde do cabelo. E também sabemos que o alisamento a longo prazo também traz danos. Mas e aí, é melhor fazer chapinha todos os dias ou investir em um alisamento? Esse é o assunto do nosso vídeo de hoje!

Chapinha todo dia x alisamento

Apesar de saber que a chapinha danifica os fios, muita gente acaba minimizando esses danos e abusando das fontes de calor. Existem formas de proteger os fios, como a temperatura adequada e o uso de protetores térmicos. Mas, quando isso é feito com muita frequência, os cuidados acabam não sendo o suficiente para proteger os fios completamente. Então, quando vemos os danos, o cabelo já está queimado e pode ser tarde demais para correr atrás do prejuízo.
Assim como a chapinha, os alisamentos também causam danos aos fios quando feitos a longo prazo. Os alisamentos podem causar a baixa porosidade. Além disso, os fios podem se tornar fragilizados e ressecados.

Mas e aí, as duas coisas causam danos aos fios. Então, como escolher qual é melhor ou menos pior fazer? Minha dica é colocar os procedimentos e os danos em uma balança. Além disso, é importante saber o motivo que te leva a usar chapinha com tanta frequência. Se você usa muito a chapinha para reduzir o volume, talvez fazer o uso de um Botox Capilar seja mais indicado. Se você usa para mudar a forma do cabelo, existem produtos que ajudam a fazer isso sem causar muitos danos.

A melhor dica é saber que as duas coisas causam sim danos aos fios. Mas colocar esses danos na balança e contar com a ajuda de um bom profissional para fazer  essa escolha, faz toda diferença!

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • HIDRONUTRIÇÃO capilar!
  • 5 coisas aleatórias que estou amando!
  • Recebidos de maio!
  • Deixe seu comentário

    23 de setembro de 2018

    Utilizar chapinha, secador e babyliss com frequência e sem os cuidados necessários podem queimar o cabelo, sabia?! E o cabelo queimado é bem perigoso e pode ter danos irreversíveis! No vídeo de hoje, conversamos um pouco sobre o cabelo queimado, como identificar e é claro, como tratar também!

    Cabelo queimado!

    As ferramentas térmicas são uma mão na roda no nosso dia a dia. Só que por outro lado, elas oferecem um risco muito maior do que imaginamos. Mesmo usando protetor térmico, os danos acontecem. Usar essas ferramentas com frequência ou na temperatura errada, a médio e longo prazo o cabelo pode queimar!

    Quando eu falo em cabelo queimado, não é exagero ou mentira! Nossos fios tem uma “capa” que o protege das agressões externas. Essa capa chamamos de “cutícula” ou “escama”. Quando danificamos o cabelo, com químicas ou com danos diários, essas escamas do fio vão abrindo e deixando a parte interna dele mais exposta. Um cabelo queimado vai perdendo essa proteção. Dessa forma, ele fica extremamente seco, sem brilho, volumoso e quebra com facilidade. Qualquer tipo de cabelo pode sofrer com queimaduras. Mas é muito mais comum que isso ocorra em fios que já estão danificados. Por isso que sempre digo que não é indicado usar ferramentas térmicas em cabelos danificados! O protetor térmico ajuda e reduz muito os danos e os riscos de queimadura, mas ele não é 100% eficaz!

    Como tratar cabelo queimado?!

    Se você identificou que seu cabelo está queimado, tem algumas dicas que podem ajudar a amenizar os danos e recupera-lo:

    Pare de usar ferramentas térmicas
    A dica mais básica e mais óbvia, né! Percebeu que o cabelo está sensível e fragilizado, pare de usar ferramentas térmicas. E quando eu falo parar é realmente não usa-la. Nem de vez em quando, esquece que as ferramentas existem e dê tempo ao seu cabelo.

    Intensifique as hidratações e reconstruções
    Como eu sempre falo, o cronograma capilar resolve praticamente todos os tipos de dano do cabelo. Em um cabelo queimado, as etapas que devem ser mais frequentes são a hidratação e a reconstrução. Quando queimamos o cabelo, ele perde água e por isso, precisamos repo-la através da hidratação. E como o fio se torna mais fragilizado, a reconstrução ajuda a deixa-lo mais forte.

    Invista em um bom leave-in
    Quase sempre um cabelo queimado só é identificado quando ele está seco. Ele se torna volumoso, com frizz e sem brilho. Utilizar um bom leave-in ajuda a melhorar a aparência e devolver a maciez no cabelo queimado.

    Se nada der certo, corte
    Eu sempre falo que muitas vezes cortar é a melhor opção. Principalmente se a queimadura for mais nas pontas do cabelo, eu sempre prefiro cortar do que tentar recuperar. Dessa forma você já retira os danos e cuida para que não aconteça novamente!

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • favoritos de junho 🧡Favoritos de junho!
  • SOS Acquaflora O melhor SOS capilar! | SOS Acquaflora | LOW POO!
  • hidratação com quiabo SUPER hidratação com QUIABO!
  • Deixe seu comentário