23 de novembro de 2009

No século 18 já se usava as saias de tule para integrar o figurino das bailarinas. Posteriormente, tornou-se popular entre as jovens da década de 50.

Como a moda sempre vai e volta, ela retornou com tudo e de forma mais fashion. Não é comum usá-la no dia-a-dia, mas se for usar, cuidado, como tudo relativo à moda precisa ter cautela para não cair no exagero, que acaba virando brega.
Durante esse ano, apareceram nas passarelas, ainda que muito discretamente, alguns modelos lindinhos que me deixaram louca para ter uma. D&G e 2nd Floor foram algumas das marcas que apostaram em reviver o romantismo e volume do tule. acho que, além de diferente, saias com esse tecido são femininas e tem movimento.
O bom é que você não precisa ter um estoque de saias em casa, basta ter duas, uma preta e uma branca. Já dá pra compor vááários estilos.. O preto, se quiser um estilo mais rock.. a branca se quiser um estilo mais delicado. Dai, é só variar no sapato e nas blusas.. quem sabe com uma meia calça ou uma meia 7/8..

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Eu testei: Effaclar Duo [+], La Roche Posay
  • D.i.y da Nath #1: Capa customizada
  • conquistas de 2017 Valorize suas conquistas!! | Conquistas de 2017!
  • Deixe seu comentário

    18 de novembro de 2009

    Estampas florais são mais faceis de combinar do que a gente pensa, confesso que não gosto muito de estampas florais, prefiro poá (as chamadas bolinhas), maaas o verão está ai, e cada vez mais vemos nas vitrines as flores em todos os cantos..Esse tipo de estampa, se não for muito bem utilizado, pode nos deixar parecendo sofás ou cortinas.. então, ai estão algumas dicas (importantes) pra quem pretende usar muuitas flores por ai.
    1. Ignorar a sirene “convite do tecido”. Às vezes vemos um tecido cujo padrão e cores são extremamente chamativos e é quase que impossível resistir. “Mas… mas, o tecido, a cor, as flores são tão bonitas!” Não, não e não. Nunca ignore estilo e alfaiataria. Se é deselegante, antiquado, não possui bom corte, não o compre apenas pelo encantamento causado pela estampa.

    2. Se você usar um vestido floral, mostre seus joelhos. Mesmo que seja apenas uma pequena parte. Não me diga que você não pode ou que seus joelhos são feios. A maioria das mulheres fica muito bem com vestidos logo acima dos joelhos. Esse comprimento torna qualquer modelo mais elegante e menos “senhora”.

    3. Menos é mais. Prefira estampas menores e mais discretas, com fundos neutros e que possam ser facilmente combinados com outros padrões e peças lisas. Estampas muito grandes devem ser utilizadas em sofás. E só. Coordene suas peças de estampas maiores com outras, básicas e neutras.

    4. Procure manter distância do muito tradicional, das estampas florais mais antiquadas. Se você tem a impressão de que determinada estampa lembra a tia Daisy, ou cortinas, ou papel de parede, ou o século 19, não use. Existem atualmente várias opções modernas em tecidos e cores que lhe permitem utilizar florais e estar chique ao mesmo tempo.

    5. Sobre misturas de estampas, acredito que seja necessário ter um senso estético mais apurado, o olhar criterioso faz toda a diferença. A dica é combinar cores de uma mesma paleta, mantendo os mesmos tons e variando apenas a padronagem.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Bad hair day: tem jeito?!
  • Xodó: Óculos Redondinho
  • Eu testei: Shampoo e condicionador Liso Expert, CliniHair (Niely)
  • Deixe seu comentário

    11 de novembro de 2009

    Emilio Pucci nasceu em 20 de novembro de 1914, na Itália, e pode-se dizer que é até hoje um dos ícones da moda mundial, não só por ser sinônimo de estampas geométricas e um verdadeiro caleidoscópio de cores, mas também por conseguir manter-se até os dias atuais – cerca de 16 anos após sua morte – como um dos principais estilistas do século.

    A geometria no vestuário jamais saiu de moda. Os looks são com body gráficos. Numa mesma peça pode haver listras e, ao mesmo tempo, estampas de animal e poás. A modelagem acompanha a onda dos anos 80 (mix de elementos da década agregado de exagero).
    Combinar nem sempre é fácil precisa de alguns cuidados para não exagerar ou até mesmo errar na combinação, e ao invés de ficar bonita irá ficar desproporcional ao seu corpo e até mesmo o modelo não irá ficar legal e sim irá ficar um pouco “cafoninha”, brega. Mas algumas dicas sobre esse assunto é sempre bem vinda e que irá lhe ajudar na hora de se produzir, então vamos lá!
    As estampas geométricas é muito bonita é está em alta na moda principalmente quando é misturado, deve eleger os desenhos menores em tons diferentes e juntar sobre uma base neutra, como um jeans, usar uma camisa quadriculada com lenço palestino da cor que preferir como roxo, rosa. As flores também é muito interessante, as listras, borboletas, estrelas, estampas geométricas e entre outras.
    >> Poás e listras produzem belos efeitos quando são associados a peças lisas, ou aquelas que tem como fundo uma das duas cores.
    >> Listras horizontais aumentam de volume. As verticais podem alongar a silhueta. É fundamental usar roupas que sejam harmoniosas com a sua silhueta.
    >> Se estiver acima do peso, cuidado com as misturas, e não use estampa onde quer esconder partes do corpo com gordurinhas.
    >> As dobradinhas branco e preto, roxo e azul, pink e laranja estão com tudo.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Inspiration # 17
  • Vamos viajar? (Parte 2)
  • TAG: Meu cronograma capilar
  • Deixe seu comentário

    9 de novembro de 2009

    Depois dos anos 1970, as estampas quadriculadas ficaram meio fora de moda por um bom tempo e, agora, veio voltando aos poucos. Começou nas calças, que invadiram os armários masculinos de uma vez só. Depois, os tênis. Até que, por fim, as camisas xadrez chegaram e, num simples piscar de olhos, todo mundo já tem uma.
    Bom, o xadrez surgiu lá na Escócia, no meio do século XIX e, aos poucos, foi se adequando à moda.
    Hoje, vemos estampas xadrez de todos os estilos; grandes, coloridas, pequenas, psicodélicas, monocromáticas…

    O xadrez é sempre uma estampa gostosa de usar no inverno, mas agora é hora de usar a estampa em camisas de caimento solto, com cara de “roubei do namorado”. Parece simples acertar a roupitcha, mas eu sempre acho que por detalhes (ou as vezes a cor do xadrez) você pode passar do grunge pro festa-junina! Talvez uma das dicas principais pra fugir disso e ir pro look rock sujinho, é complementar com bastante preto.
    Pra não engordar, escolha xadrez com os quadrados menores e menos variação de cor. Xadrez amplo com muito contraste dá o efeito contrário e engorda a região.

    Para combinar, não há muito segredo, não. Tente seguir os tons que a camisa possue. Se ela for azul, por exemplo, use algo em azul escuro. A sobreposição está na moda, lembra? Se você gosta de usar camisas abertas, vista uma camiseta bem bacana por baixo, de preferência branca ou cinza, que fica perfeito!
    Para as calças, é preferível usar jeans, já que os tecidos de camisas não vão bem com um moletom, por exemplo. Skinny, reto, bag…

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Déco #1
  • Guarda Chuva
  • 4 meses sem anticoncepcional e último update
  • Deixe seu comentário

    1 42 43 44