10 de fevereiro de 2015
Vambora colocar a mão na massa e aprender a fazer headbands super fofos e gastando super pouco? Vem que hoje eu te ensino!

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • O sobe, desce da temporada
  • Coisas que eu amo e todos odeiam!
  • Flatform, pés de gueixa
  • Deixe seu comentário

    4 de abril de 2014
    Eu sempre falo sobre meu milagre recém descoberto, mas vi que nunca mostrei fotos dignas do resultado e também nunca dei muitas informações, por conta disso, muita gente fica com dúvida e as milhares de perguntas aparecem. 

    Então hoje vou mostrar e explicar tudo direitinho sobre a receitinha do yamasterol + mel + babosa!
    Porque o yamasterol?
    Como já disse lá no post das receitas com yamasterol, ele é um creme multifuncional. Isso significa que ele pode ser usado como condicionador, leave in e principalmente como “base” para as misturinhas, por ser puro, por não ter nenhum componente que possa comprometer o resultado da receita. 
    Pode usar outro creme? Pode, desde que ele seja parecido com Yamasterol e não tenha nenhum componente muito “forte”.
    Sobre o mel
    Existem no mercado vários produtos a base de mel e isso se deve ao fato dele possuir propriedades suavizantes, antioxidantes e adstringentes. Além das vitaminas C, E e do complexo B.
    Ele aumenta a elasticidade,da brilho,maciez,evita a queda,deixa os cabelos mais resistentes e sedosos. Por isso, é indicado para cabelos secos, frágeis, sem brilho, muito danificados e porosos.

    Sobre a babosa
    Primeiro um segredo: aloe vera é o nome científico da babosa! Tá fazendo mais sentido as coisas agora, não tá? A babosa possui DEZOITO aminoácidos, além das vitaminas  A, C, E, B1, B2, B3, B6, B12 e B13, além disso, ainda tem mais de vinte minerais. Por causa disso tudo, ela é conhecida como a planta da beleza e saúde.
    A babosa também é uma planta medicinal com propriedades curativas e nutritivas. Além desse poder hidratante pro cabelo e pele, ela também tem ação regeneradora, curativa, umectante, lubrificante e ainda é anestésica, anti-inflamatória, antibiótica, desintoxicante, coagulante e digestiva.

    (Fotos tiradas dentro de casa com luz natural. Usei secador após a hidratação.)

    Como fazer?
    Eu não costumo usar medidas quando vou fazer minhas receitinhas capilares, vou no olhometro e no bom senso. Mas vamos lá, as medidas abaixo são aproximadas e dão para meu cabelo inteiro (que está enorme):
    2 folhas de babosa
    1 colher de sopa (bem cheia) de mel
    3 colheres de Yamasterol branco
    1 colher de sopa da ampola de alho gota dourada ou bepantol derma (opcional!)

    Da babosa, vamos usar só a “baba”, para retirar, é só cortar a folha ao meio (na horizontal) e raspar com uma colher, tentando pegar só a parte líquida (não a parte gelatinosa). A dica é depois que tirar tudo que deu com a colher, espremer a folha com as mãos, porque sempre sai um restinho.  Depois eu bato ela um pouco com um mixer só para deixar mais cremoso. E aí, é só misturar com o resto dos ingredientes.
    Eu lavo o cabelo com shampoo 2x e depois aplico a mistura, deixo agir por 15 minutos na touca plástica, enxaguo e finalizo com condicionador. 
    E tcharan. Lembrando que a babosa e qualquer mistura com babosa entra na HIDRATAÇÃO do cronograma capilar
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Dicas de Shampoos e Condicionadores para cabelos lisos
  • Jeans + Jeans
  • Como fazer a maquiagem durar mais?!
  • Deixe seu comentário

    22 de fevereiro de 2014

    Oi, oi!
    No final do ano passado, fui a viagem de fim de ano da empresa que meu namorado trabalha, durante a viagem teria uma festa de Halloween. Confesso que sou muito desanimada com festas, fantasias e tal.. mas como era a primeira viagem, não podia ser a única sem fantasia né? Por isso, depois de muito procurar, resolvi ficar com a “caveira mexicana” ou, sugar skull mesmo.
    Passei dias procurando vídeos e foto tutoriais na internet e achei vários! Só que a maioria deles eram muito elaborados e difíceis de fazer. Não dava para ser nenhum deles, porque eu não poderia levar uma enorme quantidade de material e nem demorar 2 horas me arrumando. Foi aí que resolvi pegar tudo que já tinha assistido e fazer do meu jeitinho, mais simples. Até porque a pessoa aqui tem muitas habilidades, mas maquiagem definitivamente não é uma delas.
    Recentemente, postei umas fotos da festa no Insta e uma galera mandou mensagem, email e etc pedindo para eu postar aqui como fazia. Relutei bastante, mas fiz! Como disse, é bem fácil e simples, ótimo para quem não tem tempo e nem habilidade com maquiagem. Preparem-se para sujar e fazer bastante bagunça, porque essa maquiagem suja mesmo! 
    Materiais:
    – Pancake branco (Vende em loja de fantasia/teatro. Comprei o meu por R$15 no Mercadão de Madureira)
    – Lápis de olho preto (Lápis coloridos são opcionais)
    – Rímel
    – Tinta preta para maquiagem artística (Também são usadas naquelas tatuagens em festas infantis. Sai com água!)

    – Batom vermelho (Ou uma cor forte de sua preferência)
    – Pincel (Um fininho e outro mais grosso)
    – Um recipiente com água

    Dica de amiga: Deixe demaquilante e cotonetes sempre por perto.

    Eu nunca tinha usado pancake na vida e aprendi na necessidade mesmo! Já sabia que ele não funciona como um pó compacto normal, ele precisa ser misturado com água para “funcionar”.
    1. Molhe a esponja que vem no pancake em um pouco de água, não precisa deixar encharcada, apenas umedecida e depois passe-a no pancake. Quando você fizer isso, vai ver o pó se transformar em “tinta” e aí é só passar no rosto. Você vai ter que repetir esse processo várias vezes até cobrir a pele. Não é fácil! Porque depois que você passa uma vez e passa novamente, ele borra um pouco. Então é necessário esperar secar um pouco para aplicar outra camada. Na segunda vez, ao invés de esfregar, é melhor dar batidinhas com a esponja no rosto.
     Importante lembrar: queixo, orelhas, raiz do cabelo e pescoço também devem receber pancake! (Não fiz nessa por preguiça mesmo)
    2. Na minha opinião o olho é a parte mais dificil! Por isso eu uso a própria esponja do pancake como “molde” pro círculo dos olhos. Seguro a esponja cobrindo a sobrancelha e faço o contorno com lápis de olho preto.

    3. Depois do círculo feito, passe lápis de olho na linha d’água (se conseguir passar na parte superior também, ótimo) e uma bela camada de rímel. Depois disso é só preencher o círculo com a tinta artística. Eu usei um pincel largo para ir mais rápido e depois arrumei o contorno com um mais fino. Pode passar em tudo, heim?! 
    4. Daí é só fazer as pétalas da flor com lápis de olho (ou delineador) e pintar da cor que quiser. Para pintar a minha, eu usei um batom vermelho velho com o mesmo pincel fino que usei anteriormente. Mas pode usar lápis de olho colorido e até a tinta artística de outras cores!
    Dica: Depois de fazer todo o olho, recomento mais uma camada da tinta preta. Porque conforme mexemos na pele e/ou piscamos os olhos ela “craquela” um pouco, mas nada grave!

    5. O nariz tem vários jeitos de fazer! Tem gente que faz em forma de coração ou em forma de “gota”.. Eu prefiro seguir o próprio “desenho” do nariz. Puxo uma pontinha no meio dele, inflo as narinas e passo pela lateral dela, fazendo aquela curvinha. Tudo isso usando o pincel fino! Um lado sempre acaba ficando diferente do outro, mas é só ir arrumando e está tudo certo!
    6. O “sorriso” também tem vários jeitos, o mais popular é esse com risquinhos. Mas há também quem faça com dentes! Mas estamos na modalidade principiante, né?!
    Para ficar certinho, basta você sorrir sem mostrar os dentes (fica liiiiiiiiiiinda) e puxar com o pincel (ou delineador) o sorriso para ambos os lados e depois fazer os risquinhos verticais. Para finalizar o sorriso da caveira, um belo batom forte!
    Dica: Se você tem um pouco mais de habilidade do que eu, pode fazer um sombreado usando sombra preta no risquinho dos dentes para dar profundidade. 

    Espero que tenha ajudado as “enroladinhas” de plantão como eu!
    Tô pronta pro carnaval! Vamos?!
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Seus problemas acabaram!
  • Moda para Copiar: Alice Dellal
  • Eu testei: Shampoo e condicionador Extra Brilho (Niely Gold)
  • Deixe seu comentário

    19 de fevereiro de 2014

    Oi!
    Juro pra vocês que eu tento não falar só de cabelo, mas aí descubro coisas novas, quero contar e cabelo vira assunto por aqui de novo!
    Hoje venho contar mais uma daquelas receitinhas milagrosas de vó (já mostrei várias, pesquisa ali no cantinho pra conferir). A de hoje tem como ingrediente principal a MAIZENA! Vovó tem o cabelo cacheado (não chega a formar cachinhos certinhos, mas ainda sim é cacheado) e disse que antigamente, quando não existiam cremes direito e eles precisavam usar as coisas que tinham em casa, a maisena era bem popular nos cuidados capilares. Sem saber me explicar exatamente porque a maisena era tão boa assim, tratei de pesquisar o que a maisena tem que faz tão bem para os cabelos. 
    Acabei descobrindo que o amido de milho (Maizena é marca, isso eu já sabia. Saudades, assistir Ana Maria) é um carboidrato, por isso, é formado de glicose, que no cabelo age como hidratante (por isso minha mãe diz que usava maisena nas nossas assaduras quando neném) e redutor de volume, além de dar brilho e maciez, assim como o açúcar.

    Vou explicar exatamente do mesmo jeitinho que ela me explicou (e eu fiz):
    1 copo de leite
    1 colher de maisena
    2 colheres de creme da sua preferência
    Essas medidas dão certinho para um cabelo médio/longo, caso tenha muito, muito cabelo ou muito longo, aumente a receita. Mas a proporção de maisena e leite deve ser sempre 1 para 1. Por exemplo: 2 copos de leite > 2 colheres de maisena. E assim por diante.
    Como fazer?!
    Você vai dissolver a maisena no leite em uma panela (fora do fogo!), depois que tiver bem dissolvido, não pode de jeito nenhum formar bolinhas de maisena, leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até virar um mingau. Em mais ou menos 2 ou 3 minutos ele já começa a formar. Com o mingau ainda quente, misture o creme de hidratação escolhido.
    Considerações importantes:
    – Lave só com shampoo antes de aplicar a mistura (TUDO que se aplica no cabelo para hidratar, nutrir ou reconstruir, deve ter sido lavado apenas com shampoo antes. Porque ele abre as cutículas do cabelo);
    – Prepare a receita apenas no momento do uso, ou seja, depois do cabelo já lavado;
    – Aplique no cabelo, evitando deixar a mistura entrar em contato com a raiz;
    – Use touca de aluminio ou toalha para manter o cabelo aquecido, deixe agir de 20 a 30 minutos;
    – Enxague bem e aplique condicionador.
    Para potencializar:
    – Use ampolas ou óleos de sua preferência
    – Use açúcar 
    – Use leite de cabra ao invés de leite normal
    Um dia posto uma foto minha e da vovó, para vocês conhecerem quem me ensina esses milagres maravilhosos!
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Fique de olho: Ear Cuff
  • MERCAT: Moda + Arte
  • Eu testei: Máscara control volumini, Lokenzzi
  • Deixe seu comentário