17 de dezembro de 2014
E aí, minha gente!
Nem acredito que continuamos firmes e fortes com post todo dia por aqui! Confesso que eu queria mais e postar várias vezes por dia, mas vamos aos pouquinhos, né? Vocês tem me deixado feliz com tudo isso! Até moda, que eu tinha parado um pouco de falar, vocês pedem mais e mais!
Então vamos falar de moda hoje?! Toda estação tem um bicho, já tivemos cobra, onça, mix de animais e até vaca, mas a estampa dessa estação são os charmosos flamingos! E fala sério, tem como existir estampa mais cara de verão?! 
Os flamingos apareceram timidamente em produções de street style internacionais, depois apareceram nos tumblrs, e vocês sabem né: apareceu no tumblr, vira moda! Até que finalmente começaram a pipocar timidamente aqui e agora tem tudo para vir com tudo em todas as peças de roupa e até acessórios no verão 2015 brasileiro. Com cores alegres como rosa e tons de coral, ele já ganhou um espaço valioso no armário das famosas e logo nas araras das lojas de todo país. 
Quando alguma estampa vira tendência e as marcas começam a adotar eu acho simplesmente maravilhoso! Porque é quase impossível não achar nada que nos agrade, as opções de estampa e acessórios de flamingo são infinitas. Dá para achar peças com estampa corrida grande, estampa corrida miudinha, estampa localizada grandona, bordado, anéis, brincos, sapatos e até bolsas! Então procurando com carinho, você encontra alguma coisa que consiga adaptar ao seu estilo!
A minha dica é aquela de sempre, se não está acostumada com estampa, tem medo de não gostar, de não combinar ou de ficar over, comece pelos acessórios! Comece pelos acessórios menores, delicados e “de pouca importância” no look, brincos, anéis, depois vá aumentando, pulseiras, colares.. E se ainda sim não se sentir segura, continue: sapatos, bolsas… 
Quando achar que consegue, vá para as peças de roupa! Eu acho mais fácil combinar peças com estampa localizada, então invista em uma t-shirt com estampa de flamingo, com calça jeans ou legging não tem como ficar ruim, né?
Eu que já estou abusada com as estampas, estou a procura de um vestido de flamingo. Tem coisa mais fofa e verão que isso?? Me diz, vocês usariam flamingos nas produções do dia a dia? Que peça você acha a sua cara??
Beijos!
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Os incomodados que se mudem!
  • Nova Febre: Anéis duplos e triplos
  • Hidrata e desabafa #3: Sisos inclusos, cirurgia e pós-operatório
  • Deixe seu comentário

    28 de maio de 2014
    Oi, oi!
    Quando viajei há uns meses atrás, lá nas Cataratas do lado da Argentina tinha uma espécia de feirinha (dentro do parque mesmo), onde eram vendidos uns artigos meio indígenas. Tinha pulseiras de “linha”, armas artesanais feitos de madeira, bonequinhos e bolsas. Foi lá meu primeiro contato com esse tipo de bolsa, que até então não sabia nem o nome. Me chamaram atenção por serem extremamente coloridas, com padrões geométricos e um tamanho bem adequado para carregar tudo que quisesse. Cheguei a pegar algumas na mão e pensei demais em comprar (falou em bolsa, pegou meu ponto fraco), mas apesar de ser consumista, quando viajo fico tão apavorada de gastar o dinheiro logo no começo da viagem ou de ficar sem dinheiro para necessidades básicas depois, que acabo me controlando mais que o necessário. É, me arrependi até hoje por não ter comprado aquela bendita bolsa, já que na madrugada seguinte eu voltaria pra casa.

    Pois bem, eis que nesse fim de semana, preparando pautas pro blog, esbarrei com a bolsa outra vez. Mas agora virtualmente. Comecei a pesquisar mais sobre ela e descobri seu nome “wayuu bag” e se chama assim porque são produzidas pelas mulheres indígenas da tribo Wayuu, localizada entre a Colômbia e a Venezuela. Cada bolsa é única, já que é quase impossível reproduzir outra exatamente igual, feitas a mão e em material 100% algodão. O mais legal é que cada bolsa tem um significado diferente para a pessoa que a produziu. O dinheiro produzido pela comercialização das bolsas são revertidos para ajudar um centro em Shukumajaya.
    Em 2002, a modelo e atriz venezuelana Patricia Velasquez criou a Wayuu Taya Foundation para ajudar a melhorar a qualidade de vida nas comunidades indígenas da américa latina. Cada bolsa vendida, tem parte dos seus lucros revertidos à causa, que ajuda a melhorar o atendimento médico, informações e fornecer educação primária para as novas gerações da tribo.

    Várias famosas já adotaram a bolsa como queridinha, dentre elas Shakira, Kate Perry, Uma Thurman e Alessandra Ambrosio, além de ter se tornado ‘it bag’ de fashionistas pelo mundo todo.
    A wayuu tem aquele formato de bolsa saco que já falamos a um tempo atrás, junto com as cores e padronagens, ela dá aquela carinha de “hippie chic” ou “boho chic” ao look. Ajuda a tirar o tédio do look básico, além de ter a cara do verão brasileiro.
    Se arrependimento matasse, eu estaria debaixo de 7 palmos de terra nesse momento, me digam porque eu não comprei quando ela esteve bem na minha frente?! É claro que ainda não tem para vender no Brasil, mas dá para encontrar com facilidade no ebay. O preço, claro, não é dos melhores por uma bolsa “sem marca”, mas se você é como eu, curte essas vibe artesanal, dá valor ao trabalho e ainda quer dar uma ajuda ao futuro da tribo, tenho certeza que o preço valerá super a pena.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Outubro Rosa #2: Pink Hair!
  • FAQ: Bepantol Derma
  • Deixe seu comentário

    23 de maio de 2014

    Oi, oi!
    Eu sei, tô sumida! Tem tanta coisa boa acontecendo ao mesmo tempo, que está muito difícil conciliar tudo junto. Aos pouquinhos as coisas vão se ajustando e voltando ao estado normal, ok? Só peço um pouquinho de paciência! Conto também com aquela ajudinha que só vocês sabem dar: me enviem sugestões de assuntos que queiram ver por aqui! Assim fica muito mais fácil escrever sobre o que vocês também gostam de ler. Pode mandar pelo facebook, email, comentário, tanto faz, mas mandem! 
    E ah, não esqueçam de se inscrever lá no canal, nesse fim de semana vai ser um bombardeio de vídeos novos e por lá vocês acompanham todos eles em primeira mão!

    Quem visita sites de street style ou vive procurando coisa nova para comprar em site gringo, já deve ter se deparado com suéteres bordados com pérola. Aos pouquinhos eles foram pipocando nas lojas brasileiras e hoje posso dizer que está sendo a it-peça do inverno. Tinha como não ser?! Uma peça que une duas coisas que eu amo tanto, o sucesso era garantido (hahahah).
    Foi-se o tempo que o suéter era coisa de vovó, tricotado, com padronagens “de velho”. Hoje em dia o suéter foi quase totalmente renovado, começando pelo material que não precisa ser necessariamente de lã, ganhou versões em materiais sintéticos, mais frescos, modelagens mais longas, golas e decotes diferentes e, é claro, aplicações luxuosas.

    As pérolas sempre foram sinônimo de elegância e luxo, além de dar aquele arzinho clássico. A junção dos dois não podia ser melhor, né? Pode sim! É uma peça que “passeia” por todos os estilos, do romântico ao mais rockzinho, os suéteres bordados agradam a gregos e troianos.
    O suéter cai bem em todos os looks, dá para usar com a boa e velha calça jeans + sapatilha e até por cima de vestidinhos leves. A dica é que ela seja a peça com mais visualidade no look, então quanto mais básicas e neutras forem o resto do look, melhor! Outra dica é quanto a localização/quantidade de pérolas, o ideal é que elas sejam posicionadas em lugar do corpo que queira ser destacado. Por exemplo, para quem tem pouco seios (eu, eu, eu!), pérolas localizadas no decote dão uma disfarçada e a ilusão de um busto maior. Ombros estreitos também podem ser disfarçados com “ombreiras” em pérolas.
    Andei procurando em lojas aqui no RJ e achei na Renner e C&A na faixa de preço entre R$69 e R$89, meio salgadinho né?! 
    Mas não desanima não! Ainda essa semana vem dica de customização aí, fica de olho!
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Reconstrução caseira dos fios com queratina
  • 10 filmes pra quem curte moda
  • Bapho #1
  • Deixe seu comentário

    26 de abril de 2014

    Oi!
    Há um tempo (tempão) atrás, fiz um post falando sobre as estampinhas de coração, lembram? Depois daquilo ela ficou sumidinha e eu parei de ver em todo canto.
    Mas quem acompanha sites de street style ou seguem blogueiras do mundo a fora, ou que compram em sites internacionais (eu, eu, eu!), já deve ter reparado uma peça que está pipocando em todo canto e virou quase que uma “it peça” da temporada: as camisas com estampa de coração vieram mesmo para fazer a galera se apaixonar.

    É claro que ela não surgiu do nada, a peça da vez apareceu primeiro no desfile da Burberry e aí, portas de armários abertas para amá-la.
    Foi-se o tempo em que as camisas eram usadas só nos escritórios, ambientes de trabalho e reuniões, com saias retas e scarpins nude. Agora, a camisa é sinônimo de estilo, podendo ser lisa, estampada, longa, curta e usada com o que a criatividade mandar.

    Para o inverno, vale usar as camisas com modelagem mais longas com legging, ou as mais curtas com shorts, saias, calças, meias calça também são muito bem vindas. Casacos pesados, cardigans e até lenços tem sinal verde para as camisas! Para os dias em que o frio não estiver tão forte, vale usá-la aberta por cima de uma blusa básica.
    Ah! O único cuidado é com a estampa, pois ela deve sobressair das demais peças! Por isso, dê preferência para usá-la com peças lisas e básicas.

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Agenda Cultural #1
  • Moda para copiar: Tavi Gevinson
  • Look do Dia #17
  • Deixe seu comentário

    1 2 3 55