13 de setembro de 2016

Parece que não foi só eu que gostei desse negócio de fazer resenha de livros, heim? Resenhei pela primeira vez um
livro, que foi o Meu nome é Amanda da minha amiga Mandy Candy e vocês curtiram muito e pediram que eu continuasse a falar de livros também. Então me empolguei! Comprei recentemente o livro da minha outra amiga babadeira, É do babado de Evelyn Regly, amei e hoje conto tudo (ou quase tudo) sobre ele.

A princípio eu achei que era uma biografia e eu já disse que não sou muito fã de biografias né? Mas resolvi não julgar o livro pela sinopse e comprar, afinal, a bichinha é minha amiga há mais de 2 anos e eu compraria o livro de qualquer jeito, né? Comprei e vou dizer que me surpreendi demais! O livro é realmente uma biografia, mas ele é muito mais um livro de auto ajuda e empoderamento feminino do que qualquer outra coisa. No É do Babado, a Evelyn conta partes importantes da sua vida, mas não tudo. Por exemplo, não é um livro onde você vai saber da infância dela, de como era quando criança ou as coisas que aprontava. Não é um livro onde ela conta tudo sobre a vida dela. Ela conta partes e essas partes são contadas justamente para ajudar a empoderar as mulheres e não deixar que elas passem pelo mesmo que ela passou.

é do babado

No livro É do Babado, Evelyn conta sobre seu primeiro casamento, onde viveu um verdadeiro inferno nas mãos do ex-marido, que no começo era um príncipe, mas depois mostrou sua verdadeira cara: um homem alcoólatra e extremamente abusivo. E aí ela desenrola a história ajudando mulheres a reconhecer os sinais de um relacionamento abusivo, aconselhando como lidar e obviamente, como sair dele também. A Evelyn também conta como esse relacionamento deixou cicatrizes na sua vida, doenças e até mesmo problemas gestacionais. Mas também o quanto isso deixou-a mais forte para enfrentar as outras barreiras da vida e novos relacionamentos.

Além disso, o livro também tem partes interativas, onde você leitor pode interagir e completar o livro. Em diversas páginas ela pede que você complete os quadrados com algumas coisas referentes ao capítulo. Por exemplo, coisas que você gostaria de mudar, músicas que você escuta quando está na bad e em algumas delas, você também pode compartilhar sua experiência completando o livro tirando uma foto dele e postando nas redes sociais usando uma hashtag.

é do babado2

Preciso confessar que livro me surpreendeu muito positivamente, eu comecei a ler ele antes de dormir e terminei no dia seguinte a tarde. A leitura dele é fácil e rápida, passa aquela sensação gostosa de uma conversa entre amigas. Não é um livro que você leia rápido para saber o que vem depois, mas sim porque ele te prende e você quer aprender mais coisas adiante. Eu achei um livro realmente enriquecedor e diferente dos livros de outros youtubers que vemos por aí. É uma biografia sim, mas é muito mais um livro de auto ajuda para mulheres. É divertido e leve, o que nos facilita a lidar com os assuntos sérios que são tratados nele de um jeito menos pesado.
Se for para destacar um ponto que me incomodou no livro, nada tem a ver com a história ou com o jeito que foi escrito, mas com a diagramação dele! O livro tem uma variedade grande de fontes na mesma página, as vezes a mudança vem em uma palavra no meio do parágrafo ou até mesmo uma frase pequena e isso me incomodou um pouco. Não faz muito sentido e me dá a sensação de que “quebra” o pensamento ao meio.

é do babado3

O preço do livro É do Babado também é muito bom, paguei R$24,90 na livraria Saraiva, mas recentemente vi no site que estava em promoção por R$19,90! Vale a pena dar uma pesquisada nos preços e nas promoções, mas mesmo assim, ele realmente vale o preço, pois é excelente! Eu recomendo a leitura para jovens e mulheres que estejam precisando de um “empurrãozinho”, porque no livro fala de relacionamentos, família, trabalho e muito empoderamento!

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Recebidos de janeiro!
  • Sou feminista?!
  • Corte químico e agora?!
  • Deixe seu comentário