28 de dezembro de 2011
Olá, olá, olá!
Neste fim de ano resolvi fazer algo diferente, selecionei os 11 posts mais acessados de 2011 e tomar bons drink, é claro (Marilac Feelings).
Para conferir os posts selecionados, é só clicar no nome.

 1 Nicole Bahls – 855 visualizações

2 Hiking Boots – 369 visualizações

3 Espadrilha – 312 visualizações

4 Camisa Transparente – 275 visualizações
5 Estampa Tropical – 258 visualizações

6 Ki Korpo + Ana Beatriz Barros – 251 visualizações

7 Ex girlfriend jeans – 244 visualizações

8 Bloomer Shorts – 243 visualizações

9 Fashion Question – Oxford – 227 visualizações

10 Tricô de Verão – 209 visualizações

11 Alice Dellal – 184 visualizações
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • DIY de carnaval #1: Gatinho
  • Escova de Turmalina e minhas impressões
  • Patricinhas
  • Deixe seu comentário

    8 de março de 2011

    Uma alma caridosa resolveu me ajudar a diminuir ócio criativo do blog!

    Tendo em vista que agora (eu espero) que vocês comecem a me ajudar mandando suas dúvidas, resolvi apelidar o post que responde esse tipo de pergunta de “fashion question” (no bom e claro português, pergunta fashion).
    O caso do anônimo foi o seguinte, tem um oxford azul e não sabe como usá-lo. Oxford é um sapatinho tão fácil de ser usado!
    Eles caem bem com qualquer peça que você resolver usar, seja vestido ou calça. No caso de calça, ela não deve ser tão comprida, se não vai esconder o oxford que é justo a graça do look, e aí, rola aquela calça mais curtinha ou improvisar, dobrando as barras.
    Para ficar mais fácil, dá para pensar assim “o que eu usaria com um all star?”, a resposta será a mesma coisa que dá para usar com um oxford. Assim como o tênis, o oxford serve para dar aquela “quebrada” no caso do look ser feminino demais, e fica lindo essa mistura de feminino e masculino.
    O que pareceu mais preocupar foi em questão da cor do oxford: azul. Não sabes a maravilha que tem em mãos! Primeiro que oxford já são tudo, segundo que azul é super tendência! Falamos do azul aqui . Dá para fazer um look todo monocromático (todo azul), ou usá-lo como um artifício de ponto de cor .
    Ajudei?! Espero que sim!
    Lembrando que o sorteio dos lenços removedores de maquiagem da Océane Femme, continua rolando até o dia 27/3, para participar, clique aqui e preencha o formulário.

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Fica a Dica #15
  • Receita capilar milagrosa
  • White Boots
  • Deixe seu comentário

    30 de dezembro de 2009

    Oi anjinhos, como estão? Hum, acho que hoje eu vou fazer mais de um post. Aguardem.
    Historia
    O primeiro sapato amarrado com cadarços foi introduzido na Inglaterra em 1640, e logo se tornaram populares entre os estudantes da Universidade de Oxford.
    O que é?
    Os sapatos Oxford são caracterizados por serem de modelo fechado, amarrado, no qual a gáspea e o traseiro se sobrepõem às laterais. A gáspea é formada por duas peças, onde a biqueira fica sobreposta à segunda.
    Essencialmente masculino, o sapato Oxford ganhou versões especiais e surgiu no guarda-roupa feminino, se transformando em uma tendência que se firmou. Anunciada a quase dois anos, essa tendência foi motivo de polêmicas e discussões, mas finalmente já desfila nos pés de muitas mulheres.
    No inverno passado, os Oxfords femininos mais usados eram os sem salto, no estilo do masculino. O estilista Alexandre Herchcovitch lançou um modelo do sapato para a Melissa, que recebeu o nome de Joy.
    Como usar?
    Você pode usá-lo em um look clássico, ou brincar com o inesperado. Eles funcionam bem com uma saia-lápis ou com um par de jeans skinny, uma camisa de seda e uma jaqueta de couro. Dá para usar com leggings também, ou com vestidos e meias coloridas.
    Combinam com vestidos e saias curtas ou acima dos joelhos, com modelagem evasê ou reta.
    Os shorts de alfaiataria também caem bem com esse tipo de sapato. Deve-se evitar usar o Oxford com roupas mais esportivas, como os balonês, godês, saias longas e leggings. De salto alto ou baixo, esse sapato é um acessório que não pode faltar no guarda-roupa feminino.
    O fim da história é sempre o mesmo: Às vezes, o que fica bom para mim, não fica bom para você. Na moda é tudo questão de estilo e de identidade. Mais que isso, de identificar e aceitar nosso estilo, porque sair por aí se vestindo de tendência não faz o menor sentido.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Tribo Fashion
  • Ombré Lips
  • Coleção outono/inverno da Adref!
  • Deixe seu comentário