9 de setembro de 2014

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Inspiration #58
  • Eu testei: Leave On nutritivo Cabelo e Corpo Monoi da Bioderm
  • Cílios Postiços: Cuidados e dicas
  • Deixe seu comentário

    8 de agosto de 2014

    Olá, olá!
    Há um tempo atrás eu fiz um post da minha recém descoberta sobre a Tangle Teezer, aquela escovinha que parece com uma saboneteira ou com uma escova de cachorro que vinha cheia de promessas milagrosas para o cabelo. Um tempo depois daquele post, eu resolvi comprar a minha. Comprei fora do país e demorou muuuuuito mais que o normal para chegar, de longe a minha compra mais demorada.
    Pois bem, ela chegou e já tem quase 1 mês que eu a uso várias vezes por dia. Então chegou a hora de vir contar o que eu achei, né? Vamos lá.

    Sobre o produto

    A tangle teezer é uma escova que promete minimizar a quebra, deixar com aspecto saudável, dar brilho, maciez e ainda desembaraçar qualquer tipo de cabelo.
    O segredo de tanto “poder” está na disposição dos dentes, misturando longos com mais curtos, feitos de material bem flexível pra não quebrar os fios. Outra diferença entre a Tangle Teezer e as outras escovas é que ela não tem cabo, se ajusta diretamente na palma da mão, o que facilita o penteado.

    A Tangle é fabricada em três modelos diferentes, cada um pra uma “situação” diferente:

    Salon Elite possui um design ergonômico e simplificado, seu formato concavo e centralizado possibilita um ótimo e rápido manuseio da escova, da raiz de seu cabelo até o fim, com a habilidade de ser flexível e não puxar os nós, apenas arrumar gentilmente e sem esforço algum dando brilho e cor aos seus cabelos no mesmo instante.

    Tangle Teezer Aqua Splash possui design de fácil manuseio, ajuda na distribuição de produtos sem desperdício na hora de lavar.

    Compact Styler para levar em todos os lugares. Cabelos desembaraçados e macios durante o dia inteiro, possui capa protetora dos dentes e sujeiras, design único e diferenciado.

    Tamanho, formato, peso

    A Tangle tem o tamanho certinho da minha mão, na parte de “cima” dela encaixam os dedos certinhos e a palma da mão de um jeito bem confortável.
    Achei ela infinitamente mais leve que as escovas normais, não cansa o braço e nem incomoda em absolutamente nada.

    Preço e onde encontrar

    Como uma novidade recém chegada em terras brasileiras, ela não é tão fácil de encontrar em qualquer esquina como as escovas normais. Existem alguns revendedores autorizados (dá para ver no site da Tangle), e o preço não é nada agradável. Enquanto uma escova normal custa em média R$30, a Tangle Teezer está custando por volta dos R$80 (dependendo do modelo).
    Para quem compra em sites internacionais, as coisas se tornam mais fáceis. É possível encontrar as originais com facilidade no Ebay (preço médio de R$50). A minha eu comprei no Beauty Bay, custou R$34 com frete grátis. Porém, ela demorou demais pra chegar (quase 4 meses), por causa da copa e tudo mais. Por sorte, não fui taxada, mas não seria novidade se acontecesse.
    É claro que sempre existem as réplicas, mas, por se tratar de um produto patenteado, não podemos garantir que o efeito será o mesmo.
    E aí vocês me perguntam “vale a pena pagar os R$80 e tanto nas lojas brasileiras?”, sim, vale. Se você não tem pressa e tem paciência de esperar, vale mais a pena pedir fora e esperar que ela chegue.

    O que eu achei?!

    A primeira vez que eu usei foi no cabelo seco, logo que ela chegou. O barulho que ela faz quando passa no cabelo é assustador, parece que vai arrebentar tudo. Fiquei meio apavorada com o som, mas passando a mão nas cerdas dá pra ver que ela é barulhenta mesmo pro causa do estilo dela e não por estar “fazendo mal” ao cabelo. No cabelo seco, não vi diferença.
    Meu cabelo é liso, mas embaraça com muita facilidade, aqueles nós que dão em cabelo de criança. Depois que eu lavo então, é um verdadeiro caos capilar, fica tudo embolado e eu gasto gastava muito tempo desembaraçando tudo, com cuidado para não quebrar. Com a Tangle eu consigo desembaraçar o cabelo todo (sem quebrar)  em muito menos tempo.
    Depois de ler milagres sendo relatados por causa da escova abençoada, minha expectativa pela sua eficiência era bem alta. Eu realmente esperava que ela operasse um milagre capilar na minha cabeça e ela não me decepcionou em absolutamente nada. Agora, depois de algumas semanas usando toda vez que preciso pentear o cabelo, a diferença é notável, meu cabelo está sim quebrando menos (e até caindo menos), está mais macio e com muito, muito menos frizz do que antes.

    Minha dica é: não adianta gastar rios de dinheiro com produtos capilares se usar “qualquer escova/pente”, porque aí todo trabalho de antes pode se perder.
    Indico a Tangle pra todo mundo, porque ela é mesmo poderosa e funciona!

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • C&A + Stella McCartney = Catálogo Sustentável
  • As saias do verão
  • Quase descalça
  • Deixe seu comentário

    11 de junho de 2014

    Sempre que eu vou comprar um produto para o cabelo, mesmo que eu já tenha usado ele antes, eu perco alguns minutos na farmácia / mercado lendo a composição e o rótulo dele. Isso foi um hábito que eu adquiri quando parei de comer carne e seus derivados animais, passava vários minutos lendo rótulo e depois isso passou para os produtos de cabelo quando comecei a me preocupar (e entender) mais sobre os componentes bons e ruins. Confesso que não é uma coisa fácil, mas depois de muito pesquisar na internet, se torna um hábito como qualquer outro. Afinal, é decoreba. 
    Para quem está começando a se interessar mais pela composição dos produtos, que não ocupa um espação no rótulo a toa, o primeiro susto são com os nomes enormes em uma lingua que as vezes nem sabemos decifrar. Pois bem, aquele bendito nome lá é obrigatório pela ANVISA e o nome dele é “Inci Name” ou  “International Nomenclature of Cosmetic Ingredient” que é um sistema internacional de codificação da nomeclatura de ingredientes cosméticos, reconhecido e adotado mundialmente, foi criado para padronizar os ingredientes na rotulagem dos produtos cosméticos.
    (Definição retirada do site da ANVISA, clique aqui para conferir)

    Na prática é mais fácil entender o que é o tal do INCI Name, por isso, fotografei o rótulo de alguns produtos meus, tanto nacionais, quanto internacionais. Olha só:
     Rótulo Repair Rescue, Schwarzkopf
    Rótulo Extra Elasticidade e Resistência, Alta Moda é.

    A maioria dos componentes não são difíceis de entender o que se trata, mesmo quando não se tem nenhuma experiência com isso. No próprio site da ANVISA tem uma lista enorme dos componentes cosméticos e suas funções, para conferir, clique aqui. Por isso que eu digo que o cronograma não é impossível e não tem mistérios (e também por isso não fiz uma lista de produtos para cada etapa, como vocês me pedem diariamente). É só ler gente, ler!!
    Mas como eu sou uma pessoa legal, para facilitar mais ainda, vai aí uma listinha de componentes, já organizada por etapa do cronograma:
    Hidratação (reposição de água):
    Extratos naturais de frutas, frutos e ervas, pantenol, bepantol, glicerina e vitaminas. 
    Glycerin, Glicol, Gliceryl = glicerina
    Cetyl Alcohol, Cetearyl Alcohol = alcools modificados
    Melissa Officialis Extract, Rosemarinus Officinalis Leaf Extract, Jojoba Extract e etc = extratos de plantas. Tudo que tiver um nome de planta acompanhado por “extract” se encaixa nesse grupo.
    Nutrição (reposição lipídica):
    Feito basicamente por óleos e manteigas. Então tudo que for acompanhado por “OIL” ou “BUTTER”, se encaixa nesse grupo.
    Shea Butter = manteiga de karité
    Avocato Butter = manteiga de abacate
    Marrow Butter = manteiga de tutano
    Coconut Oil = óleo de coco
    Olive Oil = óleo de oliva
    Almond Oil = óleo de amendoas
    Sunflower Oil = óleo de girassol
    Recontrução (reposição de proteínas):
    Tudo que for proteína, aminoácido, colágeno e queratina se encaixa nessa etapa.
    Hydrolyzed Keratin = queratina hidrolisada
    Creatine = creatina
    Arginine = arginina
    Cysteine = cisteína
    Proline = prolina
    Serine = serina
    Lysine = lisina
    E mais:
    Hydrolyzed Collagen Protein = colágeno
    Hydrolyzed Wheat Protein, Wheat Amino Acids = proteína e aminoácidos de trigo.
    Sobre os componentes vilões, parafina, parabenos e óleos minerais, já fiz um post só sobre eles e vale a pena uma olhadinha. Para ler, é só clicar aqui.
    IMPORTANTE!
    A composição está lá para ser lida, o google está aí para ser seu aliado! Por isso, se rolar alguma dúvida sobre o que é X componente, vale aquela pesquisada rápida no google ou no site da ANVISA. Não comprem nada sem ter certeza de que será útil para seu cabelo!
    Se vale uma dica: Os componentes são organizados pela “quantidade” deles no produto em questão, os primeiros são mais presentes na fórmula do que os últimos! 
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Moda ao longo do tempo
  • VEDA #11 | Fazendo Popin Cookin Oekaki Gummy Land
  • Cronograma capilar de mercado
  • Deixe seu comentário

    22 de abril de 2014

    Oi, oi!
    Desde antes de viajar, eu via muita gente que ia para fora postando foto desse potinho lindo. Quando resolvemos viajar esse ano, entrei no grupo de compras (já falei dele no vídeo) para ficar mais “por dentro” do que tinha, preços, lojas, etc, etc. Foi aí que vi a caça louca das meninas pelo Aussie, que estava em falta no Paraguai. Dá para acreditar, gente? Um produto em falta logo no Paraguai? Confesso que foi aí que minhas orelhinhas de curiosa levantou e todo meu desejo de testa-lo veio a mil. Andei um dia inteiro atrás dele, e como já esperava, estava em falta. Tinha desistido (e aceitado) que não seria dessa vez. Mas aí no último dia de compras, já a noite, com as lojas fechando.. lá estava ele em um quisque: lindo, roxo, único.
    Já falei dele muitas vezes, mas nunca tinha mostrado ou explicado melhor sobre ele, né? Falei dele no vídeo de compras e no vídeo de favoritos do mês passado, mas, fiquei devendo o review! Isso porque eu não gosto de usar o produto uma vez só antes de escrever, eu gosto de usá-lo algumas vezes para aí sim dar minha opinião. E agora sim, depois de quase 1 mês de uso, hora da minha opinião.

    Sobre o produto

    Por ser muito concentrado, o tratamento capilar Aussie 3 minutos propõe restauração dos cabelos danificados com longa duração. Assim o resultado é a recuperação da fibra capilar, deixando o cabelo macio e sedoso.  Na sua composição podemos encontrar óleos de aloe vera, jojoba e algas de origem australiana (por isso eu acredito que ele corresponda a nutrição do cronograma capilar).
    A proposta do Aussie é um milagre, uma hidratação rápida, em apenas 3 minutos. Achou ousado? Tem mais! Nos EUA eles te desafiam, caso não goste, eles devolvem seu dinheiro.

    Embalagem

    Vocês já sabem que eu sou doida por embalagens, né? Então preciso começar confessando que fiquei louca pela embalagem do Aussie e fica a dica aí, empresas brasileiras, vamos pensar em algo semelhante.
    Na hora do banho, com a mão molhada, com restinho de shampoo é muito dificil abrir a tampa das máscaras, quebrar a pontinha das ampolas nem se fala.. e por isso eu amei a embalagem do Aussie. NÃO TEM TAMPA! É isso mesmo gente, ela vem com uma proteção de adesivo nesse furinho aí embaixo, depois que você retira, é só girar essa parte branca e pressionar o tubo, que o produto é liberado por esse furinho. Esse furo é de silicone, que não deixa o produto vazar!
    Já vi gente dizendo que levou no avião e ele acabou estourando por causa da pressão, pois bem, o meu veio dentro da mala, no avião e chegou aqui intacto.

    Cheiro e textura

    O cheiro é a coisa mais maravilhosa que já cheirei na vida! Sabe aquele creminho dourado que vem nas tinturas da Koleston? É exatamente aquele cheiro! Adocicado, cheirinho de coco, maravilhoso! Pode parecer forte, mas ele não deixa o cabelo impregnado não. Depois de enxaguar ele fica muito suave.
    A textura dele é bem grossinha, mais grossa que os condicionadores. E engana-se quem pensa que isso faz gastar mais. Ele rende muito! Da primeira vez que usei, usei demais e meu cabelo ficou horrível, super pesado, ensebado.. Depois usei menos da metade do que tinha usado da primeira e tcharan! Então a dica é usar beeeeeeeeeeem pouquinho mesmo! 

    Composição

    Tentei fotografar os componentes, mas como a embalagem é redondinha, a foto não ficou muito boa. Então vai digitando mesmo:
    Water/eau, stearyl alcohol, cyclopentasiloxane, cetyl alcohol, stearamidopropyl, dimethylamine, dimecothine, fragance/parfum, aloe barbadensis, leaf extract, simmondsia chinensis (jojoba) seed oil, eckonia radiata extract, benzyl alcohol, edta, methylchloroisothiazolinone, metylisothiazolinone, glutamic acid.

    Preço

    Paguei 11 dólares no meu, algo em torno de R$33. É, eu não compraria.. mas sabe como a pessoa aqui é, andei o dia todo atrás do dito cujo pra na hora que encontrei não comprar? Dei uma choradinha básica e meu namorado comprou pra mim ♥
    No Brasil, vi para vender em lojas online e os preços variam demais! Entre R$30 e R$60! Gente! R$60 nele realmente não vale a pena! No Ebay o preço também não está muito em conta. Mas para quem está nos EUA, aí sim! No Walmart ele custa mais ou menos 4 dólares.

    O que eu achei?

    Bom! Como eu disse lá no vídeo, ele não é um produto que “faz milagre” como diz na embalagem. Se seu cabelo estiver a beira da morte, ele definitivamente não vai salvar. Digamos que ele é um produto bom, só bom, não maravilhoso. Hidrata direitinho, realmente deixa macio, brilhoso e etc em só 3 minutos. É aquele tipo de creme que todo mundo precisa ter naqueles dias de correria, em que não dá tempo de fazer uma mega ultra hidratação de 30 minutos. 
    Se fosse para pagar os R$33 que paguei de novo, não pagaria. Não pagaria simplesmente por ter produtos semelhantes aqui no Brasil por preços muito mais em conta.
    No mais, está aprovado pela praticidade e efeito em cabelos com danos normais.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Trabalho escravo: Caso Zara
  • Inspiration #4: Bossa Nova
  • Como combinar estampas
  • Deixe seu comentário