28 de outubro de 2018

Se você quer deixar seus tratamentos ainda mais potentes, esse é o vídeo que vai te ajudar! Separei algumas dicas de como potencializar tratamentos em casa, com aquele efeito de tratamento de salão!

Dicas para POTENCIALIZAR tratamentos em casa!

Aqueça a máscara com secador
Essa é a mesma ideia de quando usamos touca térmica ou aquecemos a máscara já no cabelo. Quando aquecemos, os ativos são ativados e a máscara tem seu efeito potencializado. Então basta separar a quantidade de máscara que você vai aplicar e esquenta-la usando o próprio secador.

Acrescente ampolas de vitaminas
Muita gente ignora a existência dessas ampolinhas milagrosas! As ampolas de vitaminas são ótimas, principalmente quando falamos de cabelos danificados. Existem diversas ampolas de vitaminas, cada uma para um tipo de dano ou problema capilar. Basta você escolher a que mais se adequa ao seu problema e adiciona-la na máscara. Mas não esquece, nunca devemos adicionar em um pote inteiro de máscara, apenas na quantidade que você irá utilizar.

Atenção ao último enxágue
Eu sempre falo sobre o último enxágue nos vídeos. Ele é o responsável por equilibrar o pH do cabelo e ajudar no selamento das cutículas. Assim, os fios ficam mais macios, brilhosos, sem frizz e com o volume reduzido. Existem muitas formas de faze-lo, a mais comum é com a água fria. Mas também dá para fazer com soro, vinagre de maçã e até mesmo alguns chás!

Aplique corretamente
Aplicar os produtos corretamente faz toda diferença e é uma das dicas para potencializar tratamentos em casa que não poderia ficar de fora desse vídeo. O shampoo é usado apenas no couro cabeludo e a quantidade para qualquer tipo de cabelo, é equivalente ao tamanho de uma moeda de R$1. Já a máscara/tratamento e condicionador, vão sempre apenas no comprimento e nas pontas!

Adicione mel, açúcar, óleos e queratina
Existem vários ingredientes que ajudam a deixar o resultado das máscaras mais potentes. Por exemplo, o mel é ótimo para quem precisa dar um up na maciez e no brilho dos fios. O açúcar ajuda a reduzir o volume, selar as cutículas e deixar o cabelo com brilho espelhado. Os óleos vegetais são ótimas opções para a etapa de nutrição e a queratina cumpre bem a etapa de reconstrução!

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Eu testei: Shampoo e condicionador Kiss Me, Lola Cosmetics
  • História das leitoras #2: Namorar sem amar?!
  • Eu testei: Magic Wand, Leads Care
  • Deixe seu comentário

    23 de setembro de 2018

    Utilizar chapinha, secador e babyliss com frequência e sem os cuidados necessários podem queimar o cabelo, sabia?! E o cabelo queimado é bem perigoso e pode ter danos irreversíveis! No vídeo de hoje, conversamos um pouco sobre o cabelo queimado, como identificar e é claro, como tratar também!

    Cabelo queimado!

    As ferramentas térmicas são uma mão na roda no nosso dia a dia. Só que por outro lado, elas oferecem um risco muito maior do que imaginamos. Mesmo usando protetor térmico, os danos acontecem. Usar essas ferramentas com frequência ou na temperatura errada, a médio e longo prazo o cabelo pode queimar!

    Quando eu falo em cabelo queimado, não é exagero ou mentira! Nossos fios tem uma “capa” que o protege das agressões externas. Essa capa chamamos de “cutícula” ou “escama”. Quando danificamos o cabelo, com químicas ou com danos diários, essas escamas do fio vão abrindo e deixando a parte interna dele mais exposta. Um cabelo queimado vai perdendo essa proteção. Dessa forma, ele fica extremamente seco, sem brilho, volumoso e quebra com facilidade. Qualquer tipo de cabelo pode sofrer com queimaduras. Mas é muito mais comum que isso ocorra em fios que já estão danificados. Por isso que sempre digo que não é indicado usar ferramentas térmicas em cabelos danificados! O protetor térmico ajuda e reduz muito os danos e os riscos de queimadura, mas ele não é 100% eficaz!

    Como tratar cabelo queimado?!

    Se você identificou que seu cabelo está queimado, tem algumas dicas que podem ajudar a amenizar os danos e recupera-lo:

    Pare de usar ferramentas térmicas
    A dica mais básica e mais óbvia, né! Percebeu que o cabelo está sensível e fragilizado, pare de usar ferramentas térmicas. E quando eu falo parar é realmente não usa-la. Nem de vez em quando, esquece que as ferramentas existem e dê tempo ao seu cabelo.

    Intensifique as hidratações e reconstruções
    Como eu sempre falo, o cronograma capilar resolve praticamente todos os tipos de dano do cabelo. Em um cabelo queimado, as etapas que devem ser mais frequentes são a hidratação e a reconstrução. Quando queimamos o cabelo, ele perde água e por isso, precisamos repo-la através da hidratação. E como o fio se torna mais fragilizado, a reconstrução ajuda a deixa-lo mais forte.

    Invista em um bom leave-in
    Quase sempre um cabelo queimado só é identificado quando ele está seco. Ele se torna volumoso, com frizz e sem brilho. Utilizar um bom leave-in ajuda a melhorar a aparência e devolver a maciez no cabelo queimado.

    Se nada der certo, corte
    Eu sempre falo que muitas vezes cortar é a melhor opção. Principalmente se a queimadura for mais nas pontas do cabelo, eu sempre prefiro cortar do que tentar recuperar. Dessa forma você já retira os danos e cuida para que não aconteça novamente!

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • shampoo caseiro de mandioca Shampoo CASEIRO para CRESCER cabelo! | Shampoo caseiro de mandioca
  • resenha Livre, Leve and Solto Testei lançamento da Lola em primeira mão! | LISO, LEVE AND SOLTO, Lola Cosmetics!
  • mansão da Salon Line Um dia na MANSÃO da SALON LINE!
  • Deixe seu comentário

    19 de junho de 2018

    Depois que danificamos o cabelo, fica aquela loucura para faze-lo recuperar, né? Acontece que muitas vezes tratamos, tratamos, tratamos e ele não se recupera! No vídeo de hoje, te contei algumas coisas que atrapalham a recuperação do cabelo!

    Coisas que ATRAPALHAM a recuperação do cabelo!

    Danos diários
    Sabe aqueles pequenos danos diários? Eles se acumulam e fazem uma diferença bem grande na hora de recuperar o cabelo! Coisas que parecem simples como lavar o cabelo com água quente, desembaraçar de forma errada ou ainda abusar da chapinha podem enfraquecer os fios e acabar atrapalhando a recuperação do cabelo.

    Lavar de mais ou de menos
    Lavar o cabelo excessivamente pode piorar a oleosidade do couro cabeludo, além de ressecar o comprimento e pontas dos fios. Lavar menos aumenta o acúmulo de sujeira e oleosidade no couro cabeludo, causando queda. Cada cabelo reage de uma forma, mas o ideal é lavar os fios dia sim, dia não.

    Não finalizar o cabelo
    Uma das coisas que atrapalham a recuperação do cabelo é não finaliza-lo! É muito comum achar que só os cabelos crespos e cacheados precisam de finalização, quando na verdade, todos os cabelos precisam! Usar um leave-in ou um creme para pentear, mantem os fios protegidos das ações externas como sol, poeira e vento. Além disso, esses produtos prolongam a hidratação do cabelo!

    Shampoo com sulfato
    O shampoo com sulfato pode limpar os fios mais que o necessário, causando ressecamento. Em um cabelo que já está danificado, é legal deixar o shampoo com sulfato de lado. Se você não quiser trocar o shampoo e todos os seus produtos com componentes proibidos, você pode simplesmente fazer pré-shampoo! O pré-shampoo faz muita diferença no cabelo, protegendo-o do  ressecamento causado pelo shampoo.

    Produtos errados
    Utilizar os produtos errados no cronograma capilar também é uma das coisas que atrapalham a recuperação do cabelo. Preste bastante atenção nas características e necessidades do seu cabelo, para que não erre a etapa e acabe atrapalhando ao invés de recuperar o cabelo.

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • TOP 6: Reconstrutores capilares
  • DIY: Mural multiuso colorido
  • aprovados e reprovados da Lola Cosmetics APROVADOS e REPROVADOS da Lola Cosmetics!
  • Deixe seu comentário

    14 de junho de 2018

    Ouvimos tanto sobre o cronograma capilar, que é normal criar uma super expectativa com o tratamento, né? Existem algumas dicas para cronograma capilar que não podem ficar de fora dessa nossa semana especial. Então, no vídeo de hoje, te contei algumas coisas que você precisa saber ANTES do CRONOGRAMA CAPILAR!

    Dicas para cronograma capilar!

    1. O cronograma capilar tem data para começar, mas não para terminar. O cronograma não é simpoesmente um tratamento, ele é uma rotina de cuidados. Então você começa o cronograma, mas não sabe quando ou se ele vai terminar um dia. Além disso, não é preciso pausa-lo! Você pode fazer para sempre se assim desejar.

    2. Não existe uma “fórmula de bolo”, cada cabelo tem suas necessidades. Meu cronograma não vai ser igual ao seu, por mais que nosso cabelo seja parecido. Você precisa analisar o cabelo e montar seu próprio cronograma. Além disso, ele é mutável. Conforme seu cabelo vai se recuperando e mudando, o cronograma e as etapas também vão.

    3. O tempo mínimo para ver algum resultado é de 4 semanas. Dependendo do tipo de dano do seu cabelo, ele pode demorar mais que isso. Então precisa de paciência!

    4. Antes de começar o cronograma, surtar e comprar vários produtos na empolgação, pare e estude! Pesquisar, ler, estudar o cronograma capilar é fundamental. Algumas etapas feitas de forma errada podem piorar ou agravar a situação do cabelo.

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Depilação
  • Mulberry e sua nova it-bag
  • Fashion Rio, modelos, atrasos e etc..
  • Deixe seu comentário