10 de novembro de 2014
Oi, oi, minha gente!
Semana passada eu recebi um email que me fez rir, ficar orgulhosa e pensar um pouquinho também. No email, a leitora elogiava minha capacidade de me transformar em outra pessoa totalmente diferente só trocando de roupa, um dia eu parecia um molequinho de short e tênis e no outro eu era uma mocinha de vestido e sapatilha. Antes desse email, eu nunca tinha parado pra pensar e nem muito menos reparar nisso! E não é que é verdade mesmo?
Agora indo a muitos eventos, saindo da minha zona de conforto eu tenho precisado levar meu estilo, meu jeito para roupas mais arrumadinhas, diferentes das que eu estava acostumada a usar. Não foi uma coisa que eu precisei mudar, foi tão natural que eu nem percebi que estava acontecendo!
Então hoje um look suuuuuuper diferente dos que eu estava acostumada, mas que agora faz parte de mim também!
Blusa: Forever 21
Saia: Forever 21
Botinha: Melissa
Colar: Adref
Batom: Wicked, Lime Crime

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • 10 Filmes para assistir no fim de semana
  • O FIM da pele oleosa, cravos e espinhas! | Acneed, Avenca
  • 10 fofuras para a casa por menos de R$25
  • Deixe seu comentário

    28 de fevereiro de 2012

    Olá!
    Para quem gosta dos sorteios aqui do Prada, aguardem pois teremos mais em breve!
    Criada em meados dos anos 50 e símbolo de elegância e feminilidade, a saia lápis se tornou um clássico no guarda roupa feminino, sempre associadas a mulheres poderosas, ela sai dos escritórios e expande seus horizontes para o inverno 2012.

    A culpa de ter se tornado um grande sucesso até hoje foi por parte do cinema francês e suas heroínas femininas, frequentemente usando este modelo de saia. Ela aparece mais moderna para a próxima estação, de cintura alta e pouco mais curtas do que o convencional.

    E não é só na modelagem que ela vem diferente não! Agora podem ser encontradas também em couro, super coloridas e com fendas generosas.

    Para tirar a cara de “secretária do escritório de administração” (nada contra heim), as saias coloridas são a opção!
    Se a ideia é modernizar ainda mais o look, elas podem ser combinadas com cropped tops que deixam a parte mais magra da barriga aparecer, t-shirts, coletes, blazers, camisas transparentes.
    Agora uma dica preciosa para quem vai adotar a peça: nada de saias apertadas demais! Elas são justas sim, mas deixem o corpo respirar meninas! Sair por aí parecendo que foi embalada a vácuo é over.

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • O que eu uso no meu cronograma capilar?
  • Eu testei! #5
  • Sombra x Pigmento
  • Deixe seu comentário

    8 de janeiro de 2010
    História
    A saia surgiu na Belle Époque, teve uma baixa na primeira Primeira Guerra (1914 a 1918), e voltou com força total nos anos 30, influenciada pelas grandes estrelas de Hollywood. Foi estrela em grande quantidade de tecidos nos anos 50, já na fase prêt-à-porter, e em versão mini, pop e jovem nos anos 60. Na Era Hippie da década de 70, eram longas e vaporosas, com muitas flores. Nos anos 80, a saia reinou soberana no escritório e no minimalismo dos anos 90, não chamou muita atenção. Agora, em 2000, volta com força total como mais símbolo de feminilidade.

    Modelos de Saias
    Saia lápis
    A saia lápis ou saia longuete é perfeita para as altas e magras. Para quem é baixinha, está acima do peso ou possui o quadril largo, não é aconselhável usar este modelo, pois achata a silhueta e marca muito o corpo. Podem abusar da saia lápis, especialmente o modelo com o cós alto, as mulheres com as medias do busto e quadril semelhantes e sem cintura definida.
    Saia godê
    A saia godê equilibra a silhueta, criando certo volume na parte inferior do corpo, o que é uma ótima opção para mulheres que possuem os ombros largos e quadril estreito. Por ser uma saia mais solta, pode ser usada quem possui as coxas grossas e o quadril largo. Ela disfarça as medidas maiores, desde que o modelo não seja muito volumoso.Saia evasê
    A saia evasê é tradicional e elegante, indicada para mulheres com quadril mais largo. O modelo começa ajustado ao corpo e termina abrindo na altura dos joelhos, isso ajuda a disfarçar as medidas e suavizar as curvas.Saia balonê
    O modelo balonê é o preferido das mulheres mais jovens. Seu estilo mais delicado, franzido e abalonado, aumenta o volume do quadril e da barriga, o que é ótimo para as magras que querem ganhar mais curvas. Se você for alta, prefira a saia balonê até o joelho e se for baixa, invista nos modelos acima da coxa.

    Reta, Tulipa, Godê, Lápis, Enviesada e em A
    Saia plissada
    A saia plissada aumenta o quadril e é uma boa alternativa para quem possui quadril estreito. O modelo fica bem tanto em festas como no trabalho, é só saber escolher o tecido certo para cada ocasião.
    Saia envelope
    O modelo de saia envelope é apenas uma faixa de tecido enrolado em volta do corpo e preso por um botão ou fita. Mulheres acima do peso devem usar a saia envelope com comprimento de dois dedos acima do joelho, as baixas podem usar a saia envelope em versão mais curta.
    Saia tulipa
    A saia tulipa tem um modelo volumoso na cintura e é mais estreita na barra. Tem pregas ou franzidos na parte superior, é reta embaixo. Não é permitido para quem tem seios e quadril volumosos, nem para quem está acima do peso, já que acrescenta volume no abdômen e dá um efeito exagerado ao visual.Minissaia
    É preciso estar com as pernas e o quadril em ordem e dependendo da ocasião, ela pode se tornar vulgar. Evite usar com salto alto, blusas curtas ou muito decotadas. Invista na minissaia combinando com rasteiras, chinelos e sandálias baixas.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Reviravolta da minha vida | DESABAFO!
  • Reveillon Express
  • Zélia Duncan e seu Ronaldo Fraga
  • Deixe seu comentário

    3 de novembro de 2009

    Saia lápis: é a saia que afunila desde a cintura até o quadril e as coxas. Como ela é mais justa do que os outros modelos, fica mais legal em quem tá com tudo em cima.

    História
    Elas surgiram em meados dos anos 1950 e logo se tornaram um clássico do guarda-roupa feminino. Sensuais, discretas e, acima de tudo, elegantes, as saias lápis são freqüentemente associadas a mulheres poderosas. Parte dessa fama se deve ao cinema francês da época, com suas heroínas bem-vestidas, geralmente adeptas do modelo. No Brasil, a peça foi amplamente adotada na década de 1960, complementada com escarpins e twin-sets. Durante a última São Paulo Fashion Week, apareceu em versões ousadas, combinada com tops curtos.

    Como Usar
    • Sapatos de saltos altos são perfeitos para deixar o visual ainda mais elegante e feminino
    • A versão atual do modelo aparece nas passarelas em comprimento um pouco acima dos joelhos
    • Malhas ou outros tecidos com elastano dispensam a tradicional fenda na parte de trás da saia
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • David Jones by Dita von Teese
  • Eu Testei! #2
  • A moda do outro lado do mundo: Japão
  • Deixe seu comentário