2 de janeiro de 2010

Graças a Deus a chuva deu uma trégua, pelo menos agora durante o dia. Bem, lamento muito (muito mesmo) pelo estrago que essa chuva fez por ai logo no primeiro dia do ano, e pelas mortes. Bom, esse post já estava pronto antes de fazer esse calor, mas resolvi mante-lo, no friozinho e na chuva, ficamos sem opção do que fazer.. então a melhor opção é sempre ver um filminho.. mas agora tá calor, ainda sim, é bom ver filme.. nem que seja no ar condicionado e com um copo enorme de coca-cola com bastante gelo. Lá vai, top 10 filmes pra quem ama moda.

1) O Diabo Veste Prada (2006)
Andrea (Anne Hathaway) é uma jovem que se muda para Nova York a fim de tentar uma carreira como jornalista. Ela consegue um emprego na maior revista de moda da cidade, editada pela poderosa Miranda Priestly (Meryl Streep). Baseado em best seller homônimo escrito por Lauren Weisberger.

ps: sem duvida é o meu preferido.

2) Prêt-à-Porter (1994)
A história se desenrola a partir de pequenos casos e personagens que se interligam ou não durante o filme, como o casal de amantes ansiosos e atrapalhados vividos por Marcello Mastroianni e Sophia Loren, a jornalista deslumbrada de Kim Basinger ou a trinca de editoras de moda (Linda Hunt, Sally Kellerman, Tracey Ullman) que se digladiam e se humilham para conseguir os serviços exclusivos para suas respectivas revistas de um super fotógrafo, vivido por Stephen Rea, tendo como pano de fundo a própria estação de desfiles de alta costura em Paris.

3) Flashdance (1983)
A música, a dança, o romance, as polainas… Prepare-se para reviver toda a história de Alex (Jennifer Beals), que bravamente luta para se livrar do equipamente de funilaria, da pista da boate e chegar à escola de dança.Flashdance, o fenômeno da cultura pop dos anos 80, está de volta e mais empolgante que nunca, com novas sequências valorizando a história, o visual, a música e muito mais!”Flashdance – What a Feeling”, premiada com o Oscar de Melhor Canção, é o sucesso que inspirou toda uma geração.

4) Caderno de Notas Sobre Roupas e Cidades (1989)
O documentário dirigido por Wim Wenders, em 1989, mostra todo o processo criativo do estilista japonês Yohji Yamamoto, um dos responsáveis pela introdução de roupas desestruturadas nos anos 1980, quando vários estilistas japoneses começaram a fazer sucesso em Paris e, por conseqüência, no mundo. Tendo paciência para encarar o ritmo lento, quase orgânico, em que se passa o filme, a recompensa é certa. O mestre japonês e o mestre alemão dão uma aula de sensibilidade e poesia nesse encontro.

5) Blow Up – Depois Daquele Beijo (1966)
O fotógrafo profissional Thomas não viu nada – e viu tudo. Ampliações de fotos que ele tirou secretamente de um casal no parque revelam um assassinato em progresso. Revelam mesmo? Ganhador dos prêmios de Melhor Filme e Diretor em 1966 pela National Society of Film Critics, Depois Daquele Beijo de Michelangelo Antonioni é um influente e estiloso estudo sobre a paranóia e a desorientação. É também uma cápsula do tempo para Londres, mostrando o que era moda na época, como o amor livre, as festas intermináveis, a música (Herbie Hancock escreveu a trilha e The Yardbirds tocam em um clube) e os ritmos. David Hemmings interpreta o fotógrafo cansado estimulado pelo mistério de suas fotografias. Vanessa Redgrave é a mulher evasiva mostrada nas fotos. Mas cabe a você resolver o que há de verdade naquilo que você vê, naquilo que você não vê e aquilo que só a câmera consegue enxergar.

6) Sabrina e Bonequinha de Luxo (1961)
Dois clássicos dos anos 50 e 60, respectivamente, estrelados por Audrey Hepburn. Os modelos usados nas histórias são chiquérrimos e a personagem principal é um ícone de elegância. Logo na primeira cena de Bonequinha de Luxo, a atriz aparece namorando as vitrines da luxuosa loja Tiffany’s. Puro glamour! Audrey Hepburn e sua filmografia são um dos maiores legados do cinema para a moda contemporânea. Sabrina foi dirigido por Billy Wilder, em 1954.

7) Sex and the City – O Filme (2008)
Com o sucesso da série americana, a colunista Carrie Bradshaw e suas inseparáveis amigas Charlote, Miranda e Samantha foram parar no cinema. Todas as personagens servem como referência de moda, cada uma no seu estilo! A continuação do filme estreia em 2010. A figurinista Patrícia Field, responsável pelo guarda-roupa das quatro amigas nova-iorquinas, carimbou seu passaporte dentro da indústria da moda e do cinema graças ao bom humor, à precisão, à ousadia e à originalidade dos looks desfilados sobretudo por Carrie, Sarah Jessica Parker, ao longo da série. Por causa disso, Patrícia tornou-se uma das profissionais mais influentes da moda atual.

8) O Talentoso Mr. Ripley (1999)
Toda sobriedade e elegância dos trajes dos anos 1950 podem ser conferidas neste filme, em que trabalham Matt Damon, Judy Law, Gwyneth Paltrow. Não é à toa que ele foi indicado ao Oscar de melhor figurino! Uma aula de estilo à beira-mar. Todo o glamour da época, um lifestyle cobiçado por muitos e um guarda-roupa desejado por tantos outros.

9) Meu Primeiro Amor (1991)
A produção conta com um figurino casual e muito bem produzido. A história também é linda, com o então garoto-prodígio Macaulay Culkin. Uma rara referência no cinema sobre a moda infantil dos anos 1970.

10) A Culpa é do Fidel (2006)
Produção francesa que também se passa nos anos 1970, e a atriz principal, a garotinha Anna (Nina Kervel-Bey) dá um show de interpretação! Também é indicado para quem se interessa por moda infantil vintage. Elegância típica parisiense.

Bom, pelos anos dos filmes, dá pra perceber que a grande maioria vai mostrar tendencias passadas, é mais pra quem curte mesmo moda ao longo dos anos. Mas existem muitos filmes atuais ótimos e em breve vou posta-los aqui. Minha dica é, pra quem tem tempo (e paciencia), procure alugar ou baixar todos esses da lista acima e assisti-los na ordem, do mais antigo, para o mais novo.. assim dá pra ter uma dimensão maior das mudanças ocorridas. Bom, é isso, bom filme a todos.

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • O retorno da anabela
  • Um papo sobre bullying
  • Inspiration #2: Cerejas
  • Deixe seu comentário

    Deixe seu comentário

    Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog: