21 de junho de 2011
Escolher só três desfiles do SPFW foi muito mais complicado do que eu pensei. Tive que descartar meus xodós Ronaldo Fraga e Alexandre Herchcovitch pelo menos hoje, pra escolher três que realmente me surpreenderam.

Ah, Cirnansck!
Já ganhou até um post só sobre esse desfile e não ia ficar de fora do meu top 3.
Minha parte mórbida falou mais alto que a minha parte vintage (é, fiquei entre Herchcovitch e Cirnansck).
Esse desfile realmente me deixou doida e mexeu com a noiva que ainda existia dentro de mim, fiquei até com vontade de casar com um vestido desses!
Não tinha como ficar em outra posição, sem ser em primeiro.

Acho que em outra encarnação eu fui mexicana.
Desde a novela América, tudo que diz respeito ao México eu gosto. As pessoas, a energia, as cores..
E quando vi que a Cavalera adentrou nesse universo, Ronaldo Fraga ficou para outra hora (tive que escolher entre Cavalera e Ronaldo Fraga).
A marca teve como inspiração o México e o Dia de los Muertos, e gente, tinham até dançarinos e luchadores na passarela (que foi a mais longa que eu já vi, no melhor estilo ANTM).
Ai, ai, ai! Arriba México!



Lembra que o estilista divulgou um vídeo da prova de roupas?
Esse vídeo mexeu com a minha imaginação (acho que com a de todos nós), e o tema “Roupa de dormir” desfilado por FH foi algo que eu nunca tinha visto antes.
Ao som de uma caixinha de música e uma gravação que ele mesmo fez, as modelos vendadas eram levadas por homens de preto (dentre eles Fause Haten), e posicionadas de frente para o pit de fotógrafos.
O desfile contou a historinha de Clarisse, a menina que dorme.
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Resultado do sorteio de natal!
  • + Estilo
  • Coincidência?!
  • Deixe seu comentário

    Deixe seu comentário

    Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog: