20 de abril de 2016

Foi-se o tempo em que os nichos eram usados basicamente em quartos de bebês e infantis, por serem práticos, hoje os nichos são usados na decoração de todos os ambientes da casa, desde os quartos até mesmo na cozinha e banheiro. Também não são mais usados apenas na função decorativa, mas também ajudam muito na função prática e de organização. Eles são ótimas soluções para ambientes pequenos, apertados ou que não tem espaço suficiente para colocar móveis ou objetos no chão, também são ótimos para quem tem muitas coisas para guardar e é claro, para quem quer gastar pouco também.
Os nichos são encontrados em vários tamanhos, cores e hoje em dia até mesmo em vários formatos diferentes, fica fácil encontrar algum que se adapte ao ambiente que você quer coloca-lo. Mas, se você precisa de algo muito específico sob medida, sempre existe a possibilidade de mandar fazer do seu jeito por um marceneiro, esse tipo de trabalho costuma ser mais caro que os nichos já prontos, porém não são tão mais caros, pode valer a pena dependendo da necessidade!
No post de hoje, eu separei 3 jeitos que podemos usar os nichos na decoração e organização dos ambientes da casa!

nicho1

Os nichos podem ser usados na parede como um jeito de decorar, colocando dentro objetos decorativos, plantas e etc, mas também podem ajudar muito na organização de locais pequenos. Por exemplo, tem banheiros que não conseguimos colocar um armário para guardar toalhas, papel higiênico, remédios e tudo mais que precisamos ter a mão dentro desse ambiente, os nichos podem ajudar não só na função decorativa, mas também servir de depósito para esses materiais. Já no quarto ou cantinho de estudos pequenos, os nichos podem fazer a função das gavetas, podemos guardar os livros, cadernos e materiais de escrita.
Uma dica legal é sempre colocar mais de um nicho, ou até mesmo misturar formas e cores para deixar o ambiente mais descontraído e divertido. Além de ajudar a guardar as coisas, eles também decoram o ambiente.

nicho2

Não sei nem se esse tipo de mesinha chama criado mudo mesmo, mas resolvi batiza-las assim também. Os nichos podem facilmente se transformar em móveis! Essas mesinhas pequenas podem servir para colocar do lado da cama, com um abajur em cima, uma vela cheirosinha e é claro, o celular. Mas também podem ser mais um jeito diferente de guardar objetos como livros, dvds e o que mais precisar, porque além de manter tudo organizado, elas também deixam a decoração diferente e divertida.
Pode até parecer complicado transformar um nicho em uma mesinha e caso você precise, sempre existe a possibilidade de pedir um help para o marceneiro colocar os pés nela, o que não deve demorar mais de uma horinha. Para quem tem medo de arriscar sozinha, um banco com nicho em cima também já é suficiente para criar uma mesinha diferente e exclusiva.

nicho3

Quem também gosta de passear em lojas de decoração tipo Etna e Tok&Stok , já deve ter visto algumas estantes com esse estilo de nichos. Já existem várias marcas que desenvolveram estantes assim, mas o que eu gosto mesmo é a possibilidade de poder comprar os nichos separados e montar a minha própria estante de acordo com o meu espaço e necessidade. Por não serem tão profundos, eles ocupam pouco espaço e podem ser empilhados onde você quiser para acomodar os objetos que estão perdidos pela casa sem um destino certo. Também rola de prender um nicho no outro, montando mesmo uma estante, mas eu acho que não é necessário! Ninguém vai esbarrar por ali a ponto de desmontar toda estante, né? Além disso, sem prende-los uns aos outros, podemos mudar as posições, acrescentar ou remover nichos sempre que for necessário. Essas estantes são excelentes para decorar todos os ambientes da casa, além de deixarem ele bem mais divertido do que as estantes tradicionais.

Me conta, você tem nichos na sua casa?! Acho que depois desse post vai fazer como eu e correr para adquirir alguns, né?!

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Geladeira sem tédio!
  • Um up rápido na decoração: teto colorido!
  • Como dar um up na decoração gastando pouco!
  • Deixe seu comentário