16 de agosto de 2014

Oi, oi!
Eu lembro que quando era novinha, lá pelos meus 12, 13 anos, a Avril Lavigne dizia usar maionese e ovo no cabelo. Na época eu não me interessava em nada pelo assunto, só achava nojento e pensava porque, se ela tinha tanto dinheiro, precisava usar maionese no cabelo? Eis que essa semana estava olhando os vídeos da Maraisa, do canal “Beleza Interior” e ela tinha um exatamente sobre a danada da maionese.
Lá fui eu, curiosa que só, pesquisar mais se era verdade, se a maionese tinha mesmo algum benefício para o cabelo. E tcharan! Se eu vim contar para vocês é porque obviamente alguma coisa ela faz, né?
Benefícios da maionese

Conforme fui pesquisando, comecei a pensar como eu nunca tinha pensado nisso (depois que passei a estudar mais sobre cabelo), porque é tudo tão óbvio que chega a ser inacreditável! Porque os médicos não recomendam o uso abusivo de maionese? PORQUE ELA É CHEIA DE ÓLEOS! Tcharan! Resposta dada para o quão milagroso ela é no cabelo.
Além de ser rica em óleos vegetais fontes de ômega 3, ela também tem um teor elevado de minerais e vitaminas, entre elas a vitamina E (muito usada no cabelo) e a vitamina K.
Maionese e o cronograma capilar

Por ser rica em óleos, podemos sim chamá-la de UMECTAÇÃO (embora ela não tenha cheiro, textura, consistência de óleo) e assim como qualquer umectação, ela é super indicada para cabelos secos e cabelos cacheados e tem como resultado um cabelo nutrido, brilhoso, livre do frizz e das pontas duplas.
Sendo assim, ela entra na fase de NUTRIÇÃO do cronograma capilar. Aqui no blog já tem um post inteirinho sobre essa etapa, dá uma procurada na lupa ali no canto!
Maionese caseira

Pode usar a maionese do mercado?
Pode. Mas saiba que as maioneses vendidas no mercado são cheias de conservantes e outras coisas que podem não ter um resultado tão fiel quando usada no cabelo. A maionese caseira é mais indicada e super fácil de fazer, então anota aí a receita:
Ingredientes:
1 ovo
1/2 xícara de azeite de oliva
1 colher de chá de vinagre (pode ser o de maçã)
Como fazer?
Misture no liquidificador o azeite e o ovo, bata em velocidade média até que transforme em maionese. Quando a mistura milagrosamente se transformar em um creme branco, jogue o vinagre. Deixe bater mais alguns minutos, e estará pronto.

Como usar?!

Diferente das outras umectações, onde usamos apenas o óleo direto no cabelo, a maionese deve ser misturada em algum creme multiuso, como o Yamasterol e o Kanechom. A proporção, geralmente é de 2 colheres de maionese para 4 colheres de creme, mas isso não é uma regra. Você pode ir misturando as quantidades de acordo com o seu gosto da “textura” para ser aplicada no cabelo, mais grossa, mais maionese. Mais líquida, mais creme e por aí vai. Não existe uma regra quanto a essas quantidades.

Mas assim como a umectação normal, ela deve ser aplicada direto no cabelo sujo, antes de lavar com o shampoo. O tempo mínimo para a ação é de 1 hora. Então você vai aplicar a mistura mecha a mecha, enluvando sempre, em todo o cabelo, principalmente no comprimento e nas pontas, colocar a touca plástica e deixar pelo tempo indicado.
Para retirar é fácil: não molhe (e isso vale para qualquer umectação)! Como a gente já sabe: água e óleo não se misturam! Então sem molhar, só com a mistura no cabelo, aplique o shampoo em todo o cabelo e só aí molhe. Finalize com o condicionador e pronto!

Cuidado!

Assim como qualquer umectação ela só deve ser realizada quando necessário! Quando um cabelo não está precisando de nutrição e realizamos uma umectação, o resultado pode não ser nada bom. Ele pode deixar o cabelo pesado, oleoso e com aquele aspecto sujo. Então tenham certeza antes de usar!
Tem post sobre cronograma aqui no blog (dá um buscar ali na lupa), lá ensino como identificar qual etapa do cronograma seu cabelo está precisando.
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Hidratação capilar com melancia!
  • Lingerie
  • Larga essa merda!
  • Deixe seu comentário

    Deixe seu comentário

    Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog: