8 de dezembro de 2017

4 meses sem anticoncepcional

No último post de 3 meses sem anticoncepcional, falei que ele provavelmente seria o último update. Mas resolvi vir fazer esse relato de 4 meses para poder fechar um ciclo. Para quem não sabe, parei de tomar anticoncepcional em agosto e só fui menstruar em outubro. Esse atraso é normal, tem gente que fica até mais tempo sem menstruar. Afinal, os hormônios não saem do nosso corpo do dia para a noite. Desde que menstruei pela primeira vez após parar o anticoncepcional, as coisas parecem estar cada vez mais perto do normal.

Nesses 4 meses sem anticoncepcional eu aprendi muita coisas. E reaprendi várias outras. Por exemplo, aprendi que dá para viver normalmente menstruada. O que para mim, há 4 meses atrás, não era possível. Descobri que dá para menstruar sem passar pela TPM e sem sentir dor nenhuma. O que para mim, desde que menstruei pela primeira vez, também não era possível. Falei um pouco disso no meu post sobre como acabei com a TPM tomando óleo de prímula.

Aprendendo a lidar

Aprendi também que meu fluxo não é intenso como eu achava. Ele é só de médio a leve. Descobri que menstruar sem tomar remédio não é viver tensa pelo dia que ela vai descer. Aprendi a identificar os sinais do meu corpo. Aprendi a conhece-lo. Aprendi a ler o que ele me mostra e praticamente prever o dia que vai vir. Conto com a ajuda de aplicativos como o Clue e o Flo, para ajudar a me organizar. Saber a janela de fertilidade e controlar mais ou menos quando ela vai descer. E vou te dizer, tem dado cada vez mais certo. Não é inesperado como eu achei que fosse.

Também aprendi que a menstruação e nosso corpo são muito mais sensíveis do que imaginava. Um remédio tomado, um mês de stress e até mesmo a alimentação podem alterar o ciclo. Desde fazer descer antes, depois ou até mesmo não vir. E está tudo bem. É normal que aconteça!

Nunca imaginei que um dia eu saberia lidar com o meu corpo e com a menstruação como eu lido hoje! E me sinto orgulhosa demais por tudo que fiz nesses 4 meses sem anticoncepcional Pode parecer besteira, mas quem se sente dependente do anticoncepcional sabe que não é fácil dar esse passo de larga-lo. Tenho escrito esses relatos nos últimos meses não só para encorajar, mas também para desmistificar muitas coisas que eu achava. É normal ter medo, mas não deixe ele te parar! Tô contigo, mana. E pode contar comigo nessa também.

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Caviar Nail?!
  • Fica a Dica #14
  • Pílulas de estilo
  • Deixe seu comentário