17 de julho de 2014
Olha só quem veio dar mais uma receita milagrosa para os cabelos. Pega aí o caderninho e vamos anotar que o assunto hoje é glicerina vegetal. 
Antes de começar, vale ressaltar que a glicerina a ser utilizada é a de origem vegetal (assim como os óleos de umectação) e não as sintéticas. 
Tem um monte de informações técnicas aí pelo mundo da internet, mas como não tenho certeza delas, resolvo não reproduzi-las.

O que é a Glicerina?

Basicamente a glicerina vegetal (ou glicerina bi destilada) é encontrada em farmácia e custa cerca de R$2. Ela é um líquido incolor, grosso e solúvel em água, por isso, é muito usada nas receitas capilares. 
Usada na umectação ela tem duas funções muito importantes. A primeira é absorver a água do ambiente e a segunda é diminuir a velocidade que a água evapora do cabelo, diminuindo assim o ressecamento.
A glicerina é usada tanto em produtos para o cabelo, quanto em produtos para a pele, por ser extremamente hidratante e umectante, ela ajuda a manter tudo hidratado e livre do ressecamento. Na composição dos produtos é muito comum encontrá-la, por seu “poder” e também por evitar que o produto resseque na embalagem depois de aberta.
O lado “negativo” da glicerina é que as vezes não é possível obter resultados com ela, isso porque seu efeito pode variar muito com o clima e como a diluição na água é feita. O jeito mais seguro de “prever” o efeito que ela terá no cabelo, é observando em sites de previsão do tempo como está a umidade da sua cidade. O ideal é que esteja a partir de 70%.
A glicerina e o cabelo

Agora que já sabemos tudo que a glicerina tem de bom e de ruim, vamos saber o que ela faz de bom no cabelo.

A glicerina pode ser utilizada em cremes ou pura nas umectações. Por ser um líquido mais grosso que os óleos, pode ser trabalhoso espalhá-la no cabelo de modo uniforme, por isso, é comum diluir em água antes. Ou ainda misturar e m cremes multiuso, como o Yamasterol e o Kanechom.
Ela age no cabelo como um “imã”, isso porque ela rouba a umidade do ar e leva para dentro do cabelo. Também funciona como uma barreira, fechando toda essa umidade laá dentro, deixando o cabelo hidratado e brilhoso. Como se já não bastasse, ela ainda deixa o cabelo forte, evitando a quebra e a formação de frizz e pontas duplas.
Cabelos danificados

A glicerina pode ser usada tanto em cabelos lisos, quanto em cabelos cacheados (óóótima pra deixar os cachinhos modelados!) sem medo. O cuidado está nos cabelos porosos (assista aqui o vídeo sobre o assunto), se o cabelo estiver muito poroso , a glicerina deve ser evitda. Isso porque ela irá absorver a água do ambiente e depositar dentro do cabelo, deixando-o elásticos e com alto risco de quebra.

Nos cabelos secos, ela pode ser usada com o dobro de cuidado na questão da umidade! Se usada em ambientes secos, ela pode deixar o cabelo ainda mais ressecado, isso porque ocorre o efeito contrário, ela tira a umidade do cabelo para o ar. 
Se a sua cidade é muito seca (hello, Brasília!), a dica é diluir a glicerina em uma quantidade maior de água.

A glicerina no Cronograma Capilar

Bom! Achei que não ia precsiar escrever mais esse “capítulo” já que acho que tudo foi explicadinho, mas para deixar tão claro quanto a glicerina vamos lá.
Quando falamos sobre cronograma capilar, falamos na reposição de “coisas” que o cabelo perdeu, certo? Por isso existem produtos específicos a serem usados em cada etapa. Para relembrar:
HIDRAtação = reposição de água
NUTRIção = reposição de nutrientes
ReCONSTRUÇÃO = reposição de proteínas, queratina e colágeno

Se lá em cima eu disse que a glicerina rouba a umidade/água do ambiente e deposita no cabelo, ela se encaixa onde?? Onde?? HIDRATAÇÃO, meu povo!

Receitas milagrosas

Não existe uma “regra” para usar a glicerina, já que ela pode ser usada de várias maneiras e cada pessoa/cabelo, vai gostar mais de uma.
Então vou contar os 3 jeitos que eu costumo usar a glicerina no meu cronograma.

* Com creme


2 colheres (café) de glicerina
1 colher (sopa) de água
3 colheres (sopa) de creme multiuso (yamasterol ou kanechom)

Eu começo diluindo a glicerina na água, é só misturar as duas e mexer bem. Depois eu acrescento o creme e mexo até ficar tudo homogeneo.
Aplico no cabelo depois dele lavados apenas com shampoo e passo a mistura no comprimento e principalmente nas pontas. Deixo agir por 20 / 30 min na touca plástica, enxaguo e não uso condicionador.

* Umectação


Como a glicerina é grossa, é bem dificil ser aplicada no cabelo. Então eu diluo ela na água e uso como umectação normal, como a de azeite. Geralmente eu uso 1 colher de sopa de água para cada 2 colares de (café) de glicerina. Se eu acho que tá muito líquido, eu vou acrescentando mais glicerina aos poucos até “dar o ponto”. Passo no cabelo sujo, coloco uma touca de plástico e durmo. Só lavo no dia seguinte.

* Spray milagroso

1 tampinha da glicerina
5 tampinhas de água
3 gotas de óleo (de sua preferência)

Misturo tudo em uma garrafinha spray (encontra até em mercado). Uso sempre depois do cabelo lavado, dou umas espirradas dessa misturinha no cabelo e deixo lá. Funciona como um spray de brilho, pode ser usado também antes do secador/chapinha.

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Se quiser um cabelo brilhante em instantes, cubo de gelo nele!
  • Não mete a colher
  • Estilo Indiano
  • Deixe seu comentário

    Deixe seu comentário

    Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog: