2 de novembro de 2009

O que é decote?

Decote, que vêm do francês “décolletage” ou “décolleté”, é o nome dado ao corpete de blusa ou vestido recortado distante do pescoço; Abertura, na parte superior do vestuário, para deixar o colo descoberto.
Como usar decotes de acordo com o tipo de rosto:
– Longos: Para os rostos longos, recomendam-se decotes horizontais amplos e quadrados.
– Oval: Um rosto oval pode usar qualquer tipo de decote.
– Quadrados: Rostos quadrados aceitam decotes verticais (os modelos de um ombro só são uma boa opção), assim como em V ou em U.
– Redondo: Se possuir um rosto redondo, opte por decotes em V e evite os arredondados.
– Triângulo invertido: Ao formato de triângulo invertido, os ideiais são os decotes arredondados, quadrados e canoa.
ATENÇÃO!
Tenha ainda em conta o local para onde irá antes de se decidir a usar um decote – na maior parte dos empregos, um decote pronunciado não será o mais conveniente. Mas, numa saída à noite, por exemplo, nada vai a que exagere no mesmo

Seios Grandes

As mulheres que têm muito peito deverão evitar decotes redondos ou em barco, sob pena do peito parecer ainda maior do que já é! Isto é válido sobretudo para camisolas e tops de cores claras – se forem de cores escuras poderão ser usados, embora, como já foi dito, e na maior parte dos casos, façam o peito parecer ainda maior.
Assim, se este for o seu caso, dê preferência a decotes quadrados ou em V (moderados), em camisolas e tops de cores escuras. Para peito grande é ainda absolutamente indispensável usar bons soutiens, que sejam capazes de suster o peito eficazmente, mantendo-o no lugar certo!
Os decotes em V são também os indicados para as mais cheiinhas – isto porque alongam o pescoço e o tronco.

Seios Pequenos

As mulheres que têm peito pequeno, para além de se munirem de bons soutiens, devem ainda procurar decotes redondos ou em barco, de preferência em camisolas e tops de cores claras. Devem ainda evitar decotes em V – e se os quiserem usar assegurem-se de que usam por baixo um soutien com efeito push-up!
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Recebidos de julho!
  • Rotina noturna de cuidados com a pele
  • Mulberry e sua nova it-bag
  • 31 de outubro de 2009

    Sim! É de comer!

    Tava fuçando uns sites desse louco mundo da internet, eis que acho essas comidas pra lá de engraçadas e coloridas..

    Não sei se eu comeria, mas, quem tem filho, irmão, primo pequeno que não come direito, vale a dica. As vezes, criar coisas diferentes com a comida ou deixar que eles criem, pode ajudar bastante.. e tornar a hora da comida mais divertida

    Acho que esse sanduba tá meio bravo, não acham?
    Senhora Peixe desfila usando um scarpin (acho que ela andou lendo aqui o blog)

    E ai coloridas? Vão deixar comerem vocês assim??

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Fique de Olho: High Waisted Pants
  • Doc Martens
  • VEDA #21 | Hidratação super poderosa com ovo!
  • 29 de outubro de 2009

    Seu nome vem do italiano, do diminutivo da palavra scarpa (sapato) – scarpino.
    O scarpin é o único sapato que consegue deixar uma calça jeans do dia-a-dia com um ar chique. Ele é inconfundível.
    Por ser um item que muitas vezes passa-se despercebido, é só começar a notar como uma mulher combina os seus sapatos com o seu visual. Se você perceber que ele está totalmente fora do lugar no look, já dá para ter uma noçãozinha de que a pessoa não presta muito atenção na hora de se vestir.
    Quem recorre ao scarpin ganha uma facilidade. Por parecer tão básico, ele se torna chique, elegante. É claro que você tem que ter um bom senso para vesti-lo, existem certos tipos de roupas que não caem bem, porém, na maioria das vezes, ele é o sapato que mais vai te dar conforto e sofisticação.

    Como é?

    Sapato fechado, com um saltinho médio ou alto, uma linha que se afina em direção ao bico e essencial para enriquecer qualquer look.
    Se tem uma abertura atrás, na parte do tornozelo, chama-se Chanel.
    Se tem um salto muito alto e fino, chama-se Stiletto.

    Historia
    O scarpin já marcou sua época quando, em 1960, as moças que eram adeptas ao movimento punk os utilizavam com suas calças jeans rasgadas. Hoje, em suas mais variadas formas, o scarpin ganhou muitas cores e acessórios como, por exemplo, tachinhas, brilhos e outros mimos que caracterizam cada par do sapato.
    Christian Dior ao introduzir o seu “New Look” para as moças da época, que, com o fim das guerras e do racionamento dos tecidos, queriam ser mais femininas e glamourosas.
    Mais de 60 anos depois, o cenário não mudou nada. Entra Fashion Week, sai Fashion Week, eles estão sempre lá. Ora de plástico, ora de couro, ora bicolor, ora monocromático.

    Dicas rápidas:

    – Calça skinny vai muito bem com scarpin
    – Calça de barra dobrada também
    – Scarpin bicolores devem ser usados com cuidado para não roubar a atenção do resto da roupa.
    – Se você nunca usou um scarpin, atenção: no final do dia, seus dedos podem doer um tanto
    – Quer ser rebelde? Jeans, camisetão e scarpin
    – Quer ser chique? Jeans, blusinha, cardigã e scarpin
    – Quer ser moderna? Short de cetim, meia fio 40, camisa branca e scarpin
    – Quer ser despojada? Skinny, blusinha e scarpin
    – Quer ser irreverente? Scarpin!
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Meu maior vício!
  • Moda Vintage
  • 8 Fofuras na Cute Shop ♥
  • 27 de outubro de 2009

    Os cabelos estilo moicano é mais um exemplo de coisas que já foram moda, e voltam com força total. Antes eram conhecidos somente pelos integrantes mais radicais das tribos punks. E hoje em dia, podemos ver até crianças usando. É muito estiloso mesmo né??
    Mas afinal, o que é o moicano?
    Por “moicano” se designa um estilo indígena de corte de cabelos que era utilizado pelos índios tanto americanos quanto celtas, sendo adotado depois pelas tribos punks e demais gêneros ou sub-generos.
    Como é?
    O estilo de cabelos moicano possui uma beleza incomum e própria que não é reconhecida pela maioria das pessoas, no entanto dentre os adeptos vários estilos de cabelos moicano são adotados, sendo que algumas vezes eles muda a cor dos cabelos, outras vezes pintam somente uma parte como as pontas ou mesmo as raízes, outro estilo de cabelo moicano menos radical em que os lados da cabeça não são raspados, somente o meio que é levantado, sendo esse ultimo um estilo menos chamativo e menos radical.
    Moicano Spikes: aquele estilo em que a crista do cabelo se assemelha a espinhos, e para dar aquele formato eles não economizam em gel, fixador de cabelos e até sabonete.
    “Moecano”: aquele estilo em que todo o cabelo é colocado para cima independente do corte, é utilizado normalmente por homens que curtem hip hop, funk, rap e reggae e aderem ao visual para uma festa uma balada, mas não no dia-a-dia, nesse estilo o cabelo não é raspado nem cortado.
    “Falso Moicano” (do inglês, faux-hawk): moicanos estilizados com gel, cera, penteados e afins, ao invés de raspado dos lados.Funciona muito bem pra penteados mais ousados ou pra quem não está afim de deixar o estilo muito radical.
    Mais do que uma questão de estética e beleza o moicano era considerado uma questão de atitude, entretanto se antes o estilo era marginalizado ou discriminados.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Favoritos de março
  • A polêmica jardineira
  • Chelsea Boots