29 de março de 2010

Olá!

Fiquei sem postar esses dias, porque fui para casa do meu papai. Como estão fashions?
Então, recebi o catálogo da Andarella e a revista da Melissa, e quem está nas fotos? DITA VON TEESE! Isso super me inspirou para o post de hoje.
Eu não conheço uma mulher que não queira ser a diva das vidas, por pelo menos um dia. Dita é a feminilidade em pessoa. Ela mesma admite que adora a beleza artificial, inventada, “Sou totalmente fabricada”. E admite também os cabelos tingidos de preto, o implante nos seios, a pinta tatuada abaixo do olho e os espartilhos que reduzem a cintura de já exíguos 58 para inacreditáveis 40 centímetros.
Fetichista assumida, Dita Von Teese é responsável pela reinvenção da estética pin-up dos anos 40 e 50 e do termo «burlesco» associado à arte ancestral do strip-tease, protagonista de espectáculos que incluem banho num copo de Martini gigante. Dita é considerada a pin up mais famosa do século 21.
Já falei muito das pin ups aqui no blog, para quem quiser ler, clique aqui.
Porém, não é só de pin up que vive Dita von Teese, ela é adepta do estilo vintage e retrô. Cintos marcando a (perfeita) cintura, saltos, vestidos longos, chapéus, carteiras e tudo mais.
Para quem curte o estilo pin up, super indico o site Garota Pin up .


compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Look do dia: Hola!
  • Coque coração
  • D.i.y da Nath #1: Capa customizada
  • Deixe seu comentário

    13 de julho de 2009

    Espartilho ou Corset é uma peça do vestuário feminino que dispõe de barbatanas metálicas e amarração nas costas. Essa peça tem como objetivo reduzir a cintura e manter o tronco ereto, controlando as formas naturais do corpo e conferindo a ele mais elegância.

    Fonte: Wikipedia
    Antigamente, mais ou menos no séculos XVI, o espartilho era usado como suporte para os seios e manter a postura. Somente por volta do século XIX graças a invenção dos ilhóses e o uso de barbatanas de baleia que a atenção foi voltada para a cintura e teve início a era das cinturas minúsculas, conhecida como era Vitoriana. A peça deixou de ser usada no século XX, quando inventaram os sutiãs.
    Do século XVI em diante os espartilhos mudaram muito, no começo eram feitos de tecido bem pesado e hoje, é usado tapeçaria.

    O UnderBust é um corset que não cobre o busto, por sua versatilidade pode ser usado como lingerie, por cima da roupa e também para tight lacing.

    O OverBust é um corset inteiriço, usado para compor looks mais glamourosos. Geralmente atua como peça-chave, proporcionando grande diferencial em relação as roupas de festa.

    Tight Comfort é uma linha exclusiva, especialmente desenvolvida para praticantes de Tight Lacing. Estes modelos são ainda mais confortáveis, com fechos práticos e discretos. Desenhados especialmente para regiões de clima quente, os modelos são confeccionados em tela 100% algodão para ajudar na leveza e respiração da pele.

    http://www.madamesher.com
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Corretivo
  • Moda para copiar: Dita von Teese
  • Argiloterapia?!
  • Deixe seu comentário