30 de outubro de 2011

Eu disse que ia tentar retomar o ritmo do moda para copiar, já que sei que vocês gostam (e eu também!), então vamos lá. Já que vocês resolveram não colaborar comigo essa semana, escolhi falar de Lauren Conrad, que ficou conhecida depois de “Laguna Beach” e “The Hills” (ai, ai meus reallitys adolescentes…) .

A fofa é tããoo fashionista que lançou até uma marca de roupas que leva seu nome (ok, não precisa ser fashionista para isso, vide Geyse Arruda).
Comentários inúteis a parte, Lauren tem um estilo que vai do patricinha ao básico em um piscar de olhos, mas sempre muito feminina.
Os comprimentos mini são os seus preferidos, mas como toda mulher, ela também segue tendências, e aposta no maxi de vez em quando. Lauren é bem básica quanto a cartela de cores, as peças estampadas não parecem ser suas preferidas, e quando a vimos usando são em sua maioria florais e geométricas.
Eu a classificaria como “básico fashion”, já que ela mistura peças básicas com peças tendência ou até mesmo “hi-low”, deixando as grifes para sapatos e bolsas.
Jeans e t-shirts são suas amigas do dia a dia, o que varia são os sapatos. Uma vez sapatilha, outra rasteirinha, tênis e quem sabe um salto confortável para variar.
A modelagem skinny é sua preferida, não importando qual lavagem o jeans tenha recebido. E blusas para todos os gostos, camisas, lisas ou xadrez, t-shirts, regatinhas. Ela é uma california girl gente!
No red carpet a coisa não muda muito, longos ou curtos (de preferencia bandage), lisos ou estampados , mas sempre que evidencie suas formas perfeitas de alguma forma, seja marcando a cintura ou chamando os olhares para o busto (olhem o broche da foto do meio).
Fofa, não é?!
compartilhe com os amigos COMENTE!

  • I want to be a boy!
  • Eu testei: Shampoo e condicionador Extra Brilho (Niely Gold)
  • 12 saias por menos de R$25
  • Deixe seu comentário

    23 de outubro de 2011

    Faz tempo que não falamos de alguém, né? Dá saudades..

    Hoje iremos destrinchar (adoro essa palavra) o estilo de mais uma it-girl.
    Falaremos então de Bianca Brandolini, filha de um italiano e uma brasileira, isso explica a beleza da moça, e namorada de ninguém menos que Lapo Elkann, herdeiro da Fiat e o homem mais bem vestido do mundo, segundo a Vanity Fair.

    Pois bem, Bianca faz parte de um grupo fechadíssimo de jet setters, meninas que circulam pelo mundo atrás das melhores festas, iates e uns bom drink haha. E é best friend de Olivia Palermo, a fofa.
    O que me chama mais atenção no estilo dela são as rasteirinhas, enquanto muitas mulheres se estapeiam em quem sobe no salto mais alto, ela fica maravilhosa sem salto nenhum. Olhei muitas fotos dela e não vi salto, acredito que ela deva sim usá-los de vez em nunca, mas o forte mesmo são os pés no chão. Seja em sapatilhas, rasteirinhas e até oxfords ela arrasa.
    Onde ela passa, tem fotógrafos a sua espera, seus looks misturam tendências e seguem um estilo mais hi-lo, peças caras e peças baratas num mesmo look (pode ser que não sejam tão baratinhas assim).

    Digamos que suas peças não são nada de extraordinário demais, são peças básicas, que combinadas com outras básicam criam um look original.

    Saias longas, t-shirts, camisas, jeans, blazers, casaquinhos e transparências fazem parte de seu guarda roupa, seguindo uma cartela de cor um tanto neutra, onde preto, branco e nude prevalecem, deixando escapar uma cor de vez em quando, como no color block verde e amarelo acima. As estampas que ela mais usa são, animal print, geométricas e florais.
    Viram? Não é tão dificil assim.
    No red carpet não é diferente, sendo musa de Giambattista Valli, ele parece conhecer cada milímetro de seu corpo, fazendo os vestidos vestirem como uma luva.
    Os longos de manga comprida e os pretinhos (nada básico) decotados parecem ser seus preferidos.
    Lembra que falamos aqui sobre um estilo básico, que não é jeans e camiseta? Pois é exatamente assim que eu descrevo o estilo da Bianca.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Moda para copiar: Lindsay Lohan
  • Fica a dica #3
  • Fashion Numbers
  • Deixe seu comentário

    11 de setembro de 2011

    Olá!

    Essa semana começam as provas e os trabalhos, e o blog vai começar a ficar meio desabitado. Por isso conto com vocês, mandem suas sugestões e dúvidas para facilitar minhas postagens!

    Escolhi falar de uma pessoa hoje que muitas vezes nem é notada pelo o que veste, mas pelo o que há por baixo da roupa. Nicole Bahls, isso mesmo, a panicat. Vamos tentar deixar de lado a personagem panicat para falar da pessoa pro trás disso.

    Foi meio complicado achar foto da moça vestida, e as que eu achei sempre os curtinhos predominavam.
    As fotos mostradas aí em cima são na sua maioria, no aeroporto, eis que Nicole deu uma declaração um tanto controversa “Tenho que usar vestidos colados e curtos para compor o meu trabalho que é uma panicar gostosona. Mas, na vida real, não acho elegante.”
    Digamos seu estilo não tem uma cartela de cor definida, ela usa desde os neons até os off white e nude. Justos, decotados, godês ou evasês, não importa, desde que as pernocas fiquem de fora.
    Por outro lado, a elegância fica em evidência, mas sem perder o apelo sexy. Blazers e camisas também fazem parte do guarda roupa de Nicole, calças compridas também. Os comprimentos curtos não ficam de fora, mas ganham um toque elegante quando usados com trench coats ou blusas mais comportadas.
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Lingerie Aparecendo
  • Caramelo
  • Coque coração
  • Deixe seu comentário

    24 de julho de 2011

    Ao contrário do que muitos estão fazendo, eu não vou escrever sobre o que ela fez de errado ou tentar descobrir os motivos que a levaram a fazer isso ou aquilo. Falaremos sobre o que a Amy nos trouxe no quesito moda. Ela resgatou influências importantes, principalmente vindas dos anos 60. O topete, os lenços no cabelo e o olho gatinho voltaram com tudo depois dela começar a usar de novo.

    Eu nunca escrevi aqui sobre um estilo básico que fosse realmente tão básico quanto o dela. O combro jeans + camiseta era um dos preferidos da cantora para usar nas ruas londrinas e de todos os outros lugares que ela passou.
    Os comprimentos mini também eram os preferidos dela, seja nos vestidos ou nos shorts, Amy sempre gostou de mostrar as pernocas. Outra característica importante que ela nos trouxe foi mostrar aquela rendinha e as alças do sutiã por debaixo das camisetas.
    Seguindo o mesmo estilo básico que ela segue nas ruas, ela transporta pro palco com um pouco mais de elaboração. É nos palcos que ela trazia toda a essência dos anos 60., nos vestidos ora justos, ora rodados, os decotes e os cintos largos que marcavam sua cintura.
    Nas premiações sempre vemos longos, longos, longos. Pois Amy não era adepta do comprimento, o mini e até o midi eram usados por ela com perfeição.
    “And I go back to black…”
    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • + Estilo: Senai Cetiqt
  • Maquiagem e cabelo, verão 2012 by SPFW
  • Ombré Lips
  • Deixe seu comentário

    1 2 3 8