20 de julho de 2016

brinco de acrilico1

Não sei o que aconteceu semana passada, mas comecei a ver várias fotos de pessoas usando esses brincos com formatos diferentes e vários bem divertidos. E aí, eu conheci a nova tendência no mundo dos acessórios: os brincos de acrílico.
Esses brincos grandes e coloridos, me lembram bastante os acessórios usados nos anos 80, que era super extravagantes. Depois, sumiram e a maioria passou a optar pelos modelos menores e mais discretos.

brinco de acrilico2

Geralmente, eles são brincos maiores dos que já estamos acostumadas a ver, além do tamanho, os formatos também costumam chamar bastante atenção! E tem literalmente para todos os gostos, os mais divertidos e coloridos, sem dúvidas chamam muita atenção para essa área do rosto. Os mais comuns tem sido os em formato de boca e frutas como abacaxi e melancia.
Para quem não gosta desse estilo mais chamativo e divertido, não tem problema! Também existem opções mais discretas, com formatos geométricos e cores clássicas, são brincos bem bonitos também, que conseguem deixar o look mais sofisticado. Só que são sempre brincos maiores do que os que estamos acostumados a ver por aí!

brinco de acrilico3

Se mesmo os mais clássicos não forem do agrado, sempre tem a opção de usar apenas um brinco, que também é uma outra tendência que ando vendo por aí. Como é um brinco bem grande, que chama muita atenção para a área do rosto, é melhor abrir mão dos acessórios nessa parte de cima e deixar o brinco brilhar sozinho.  Outra coisa que pode ajudar a deixar o foco no brinco, é usar maquiagens mais neutras. Mas, se a ideia é causa mesmo, arrasa no batom vermelho que é só sucesso!

Esse modelo de brinco tem sido bastante usado e por isso, não é mais difícil de encontrar! Em uma busca rápida na internet, encontrei várias lojas com modelos e preços bem legais e para todos os gostos. Uma loja chamada Nosso Atelier tem os modelos mais clássicos e geométricos, já na Le Diamond  tem para todos os gostos, principalmente os mais divertidos e diferentões.

compartilhe com os amigos COMENTE!

  • A meia arrastão mais linda que você já viu!
  • wide legs pants A vez das wide legs pants!
  • Fazer faculdade de moda, vale a pena?!
  • Deixe seu comentário

    17 de janeiro de 2013

    Oi, oi!
    Uma onda de inspiração tomou conta de mim essa semana, e espero que ela dure bastante tempo, pois pretendo movimentar esse blog como era antes!
    Minha vó costuma dizer que eu sou mais velha do que ela, porque adoro “coisas velhas”, que na moda chamamos de retrô ou vintage.

    O que ganha espaço outra vez agora, são os camafeus. Sabe-se que eles
    surgiram em Alexandria lá pelos 300 a.C. Eram apreciados por todos por
    conter figuras dos deuses. Já durante a era vitoriana, o camafeu foi repaginado e era produzido com rostos de algum familiar, feitos sob encomenda. Mas, foi durante o século XX que eles
    ganharam fama e status, quando usados pela Rainha Victoria e Napoleão
    Bonaparte. A partir daí, os camafeus começaram a ser usados por todos.
    Na época, as peças eram feitas em pedras finas com a figura (em sua maioria, de mulheres) em relevo. Hoje, podem ser encontradas nos mais diversos materiais, e com muitas formas, animais, mulheres e até caveiras.

    Adornando anéis, pulseiras, colares e até broches,  marcas como Miu Miu e Lanvin já lançaram os seus.
    Para combinar, não é dificil. É só usá-lo como se fosse um outro acessório qualquer. É ótimo para quebrar um look moderno demais. O cuidado é com o exagero, não vale sair por aí toda cheia de camafeus e nem usá-lo quando a roupa já tem toque vintage.
    Não é dificil de achar, já que todas as marcas estão apostando neles. Mas, para quem quer o autêntico camafeu lá da época da vovó, pode tentar assaltar a caixa de  jóias dela e até mesmo procurar em feiras de antiguidade e brechós, não vai ser dificil!

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Pílulas de Estilo #2
  • Organizando as maquiagens com cestinhas
  • Deixe seu comentário

    21 de junho de 2012

    Hello!
    Mesmo de férias na faculdade, ando sem tempo de pesquisar e postar por aqui! Estagiando e tocando com a Epicentro T-Shirteria (vem novidade aí!) o tempo tem ficado bem curtinho para internet! Peço que vocês enviem sugestões/dúvidas de posts para o email pradaporter@gmail.com . 
    Enquanto isso, vamos continuar falando de acessórios?!

    Depois de tanta insistência, os acessórios maxi vieram e agora para tirar está complicado. Depois da febre dos maxi colares e maxi anéis, agora é a vez dos maxi brincos. Já passearam nas passarelas paulistas e cariocas como promessa para a próxima estação, mas nem por isso vamos esperar chegar lá para usar, né?
    O primeiro passo para adotar o brincão como xodó é saber abrir mão de outras coisas, como por exemplo os colares. Os dois usados juntos deixa o visual com aspecto pesado e fica informação demais para uma única parte do corpo, que é o rosto. Se o desejo de usar algum outro acessório, opte pelos mais distantes como anéis e pulseiras (um dos dois!). Para deixar tudo mais elegante, cabelos curtos ou presos combinam perfeitamente com este tipo de acessório.

    E não pense que é só escolher um que agrade e pronto, nada disso! Algumas coisas devem ser levadas em conta, como a altura, o formato do rosto e do pescoço devem se completar com o acessório. As mais baixinhas ficam melhor com brincos lineares, pois dão ideia de alongar a silhueta. Os exageradamente grandes também não são legais, o ideal é um meio termo. Para as mulheres mais altas, o escolhido deve ser os que possuem mais volumes, mas quem tem pescoção (elegante!) é melhor deixar de lado dos brincos muito fino e longos porque pode dar ideia de um pescoço ainda mais longo. Para este tipo de corpo, fica perfeito os brincos mais cheios.
    eunaogostodebrincos

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • 10 filmes pra quem curte moda
  • 3 lojas para aproveitar a Black Friday!
  • Pra dar um “up” nas fotos
  • Deixe seu comentário

    4 de agosto de 2011
    Já sabemos que as franjas serão o must have do verão 2012 (assim como tudo mais com cheirinho de anos 70) , começaram a aparecer no inverno passado aqui e ali, timidamente nas bolsas e agora tomaram conta dos acessórios, além das bolsas e dos sapatos, as franjas também estarão presentes nas jóias. Para todos os gostos e ocasiões, as franjas podem ser encontradas em colares, pulseiras e até nos brincos.

    Os colares podem ser encontrados com franjas em correntes de metal, tiras de cetim ou até mais artesanalmente, em retalhos de malha. Não importa do que seja feito, ele é uma ótima opção para dar um up naquela blusinha sem graça. Se a peça que for usar, tiver uma modelagem mais decotada, o ideal é que o colar seja mais curto (ou ele irá se perder no meio do seu decote). Além disso, em uma modelagem com decote o foco do look é o decote, por isso, use os colares longos com blusas mais fechadas e simples. Também são ótima opção para quem não tem busto grande e quer disfarçar, o colar deve ser o ponto alto do look.
    Os de metal proporcionam mais sofisticação, já os mais artesanais, seguem a tendência mais étnica. Para quem sabe, também fica legal se misturar os dois, em um look étnico um colar mais sofisticado e vice-versa.

    As pulseiras seguem o mesmo princípio dos colares, podem ser usadas em qualquer composição, e para quem não sabe qual cor usar, relaxe. Elas podem misturar prata, dourado e até preto, tudo em uma pulseira só. Ela também pode ser usadas com outras pulseiras, como já mostrei aqui. As pulseiras franjadas também são encontradas na versão craft e na versão chique. Pode ser usada nos dois braços, mas o ideal é que fique em um só, e no outro use outro modelo, só para dar equilibrio.

    Os brincos franjados já são velhos conhecidos meus, apesar de não usá-los, cresci vendo minha mãe com uns desses. Além disso, já apareceram em passarelas internacionais, como Chanel e Louis Vuitton. Eles são os queridinhos das famosas, são lindos e ótimos para quem tem o cabelo curtinho ou quem vai usá-los presos. Quem escolher usar os brincos franjados, deve escolher os outros acessórios com cuidado, pois os demais não podem ser excessivamente chamativos e/ou grandes.

    Sabe o melhor?!
    Todas as três opções podem ser feitas em casa!
    E eu prometo ensinar o passo a passo em breve.

    compartilhe com os amigos COMENTE!

  • Trench Coat para nós, brasileiras.
  • Eu testei: Bio Extratus Resgate Capilar
  • Alta Costura
  • Deixe seu comentário